Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Oficina da AMME

Solicite agora uma oficina de evangelização para a sua igreja. Clique>

O livro de Marcos

Essa é a nova publicação evangelística da AMME para ajudar sua igreja na evangelização. Para mais informações [clique aqui].

A visão de Cristo

Para ajudar a Igreja Brasileira é preciso olhar para ela como Cristo a vê. Conheça o Manifesto da Visão que tem orientado a AMME evangelizar desde a sua fundação. Nossa visão é chamar a Igreja Brasileira de volta ao primeiro amor e ajudá-la a fazer as coisas mais importantes. Seis minutos de leitura: A Visão de Cristo (8067)

17. Você vence o mundo?

#PACI17 – faltam 4 dias

“Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus, e todo aquele que ama o Pai ama também o que dele foi gerado. 2 Assim sabemos que amamos os filhos de Deus: amando a Deus e obedecendo aos seus mandamentos. 3 Porque nisto consiste o amor a Deus: em obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados. 4 O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. 5 Quem é que vence o mundo? Somente aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus.” 1João 5:1-5

A globalização força o mundo a um pensamento uniforme. Grandes potências mundiais são usadas através de organismos internacionais para impor as agendas do feminismo, homossexualismo, humanismo, secularização. As grandes cidades exercem uma pressão avassaladora, que tritura qualquer fé ou pensamento distintivos em nome da tolerância. Todos estão certos, então, todos estão errados. Como enfrentar essa opressão para a uniformidade e viver o verdadeiro cristianismo que não concorda com o mundo, mas é conforme Deus? Nessa passagem João trata sobre isso e nos mostra o caminho da vitória.

[Ver] O que você vê nesse texto?
Todo o ensino de João, até aqui, tem se concentrado em três objetos: a fé, o amor, a obediência. Essas são as três coisas afetadas na Igreja pela ação de falsos profetas que desviavam o povo da verdade, portanto, João quer restaurá-las. Nesse ponto, ele entrelaça os três objetos em uma composição que se assemelha a uma corda. É uma declaração que resume todo esse ensino. Ele começa a seção se dirigindo a “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus” e termina falando sobre “aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus”. As palavras crer ou fé, amar ou amor e obedecer ou mandamentos, se repetem várias vezes. Finalmente, João ministra sobre vencer o mundo. Uma vez que João inter-relaciona os objetos de seu ensino, é necessário olhar para esse texto a partir dessas relações.

  • Qual a relação entre o crente, o Pai e o Filho? “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus, e todo aquele que ama o Pai ama também o que dele foi gerado” – algo que prova que uma pessoa foi gerada por Deus, é que ela crê que Jesus é o Cristo, isto é, que a pessoa humana de Jesus é também a pessoa divina do Cristo. Algo que prova que uma pessoa ama a Deus Pai é que essa pessoa também ama o que Deus gerou, ou seja, ama o Filho, mas não somente ele como se vê na frase seguinte.
  • Qual a relação entre amarmos os filhos de Deus e obedecermos aos mandamentos dele. “Assim sabemos que amamos os filhos de Deus: amando a Deus e obedecendo aos seus mandamentos. Porque nisto consiste o amor a Deus: em obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados” – João disse que quem ama a Deus ama o que Deus gerou. Ele se referiu primeiro a Jesus, o Filho de Deus, mas depois colocou todos os crentes nessa categoria e os identificou com Jesus. Portanto, se alguém ama Jesus porque ele foi gerado por Deus, deve, obviamente, amar os crentes que são também gerados por Ele. Então, amar os filhos de Deus é expressão de amor a Deus, tanto como obedecer aos seus mandamentos (se esforçar para atingir os objetivos determinados por ele). É interessante que a obediência aos mandamentos é uma expressão tanto do amor aos filhos como ao próprio Deus: “Assim sabemos que amamos os filhos” e “nisto consiste o amor a Deus”, de modo que a obediência se identifica com o amor, tanto a Deus como às pessoas que ele gerou. E, porque a obediência se identifica com o amor, os mandamentos não são pesados (literalmente), difíceis de guardar (figurativamente).
  • Qual a relação entre os crentes e o mundo? “O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. Quem é que vence o mundo? Somente aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus” – o mundo, nessa carta, é tanto o sistema organizado independente da Igreja, como as pessoas que o povoam e o pensamento ou a visão que elas têm das coisas. O mundo estava vencendo muitos crentes através da pregação dos falsos profetas, mas aqueles que venciam eram os que verdadeiramente haviam sido gerados por Deus. E com que venciam o mundo? Com sua fé em que a pessoa humana de Jesus era também a pessoa divina do Filho de Deus. Quando pensamos na opressiva presença global do Império Romano, com seus símbolos e cultura, a ideia do cristianismo verdadeiro minoritário se impondo contra o mundanismo é extremamente ousada.

[Ouvir] O que você ouve nesse texto?
João quer que os seus leitores aceitem a indivisibilidade dos três objetos de seu ensino: fé, amor e obediência. Ele está clamando por coerência aqui. Se alguém acredita, então deve amar e se ama deve obedecer. O pensamento mundano na pós-modernidade da Pax Romana era dissociativo. As pessoas construíam uma religiosidade particular, combinando os elementos que mais interessavam. Ao combater falsos mestres, João se esforça em chamar as pessoas de volta à coerência e entrelaça os objetos fundamentais do cristianismo em uma corda onde as pontas bem amarradas são a fé na humanidade e divindade de Jesus.

  • A fé na humanidade e divindade de Jesus é a fé distintiva do cristianismo. Toda religiosidade acredita em um Deus, mas o Cristianismo acredita no Filho de Deus. Essa centralidade de Jesus Cristo distingue o cristão e se isso é, de alguma forma diminuído ou enfraquecido, o mundo vence.
  • A integridade da Igreja depende do amor. É incabível que as pessoas digam que amam Deus se não amam seus filhos, isto é, a igreja. Esse amor deve ser prático, como atingir os objetivos determinados pelo Pai no Filho. Se os crentes dizem amar Deus (e o Filho) mas não amam os irmãos, o mundo vence.
  • O amor não pode ser lascivo, carnal, humano. Por isso João associa o amor à obediência aos mandamentos, isto é, ao esforço para atingir os objetivos determinados por Jesus. Mas isso não coloca os crentes sob o peso da Lei, não porque a Lei deixou de ter efeito, mas porque os crentes não obedecem aos mandamentos por medo, eles obedecem por amor. Amam tanto a Deus e aos irmãos, que desejam fazer tudo corretamente, de acordo com a vontade de Deus e conforme o que é melhor para os irmãos (do ponto de vista de Deus que os gerou).

[Sentir] O que você sente nesse texto?
Enquanto examinamos esse texto nosso sentimento é de identidade. Percebemos que nossa Igreja sofre exatamente com o mesmo ataque do mundanismo que sofria a Igreja no tempo de João. Há falsos mestres por toda parte e eles falam de acordo com o mundo. As pessoas separam, fé, amor e prática (obediência). Dizem que creem, mas não amam, dizem que amam, mas não obedecem, se obedecem não é por amor. Assim o mundo vence.

Cada vez mais, vemos ao nosso redor uma fé que não tem a pessoa de Jesus Cristo como centro. É o ser humano, com suas necessidades, desejos e fazeres quem está no centro. Cada vez mais, a Igreja se desintegra, pois, as pessoas que dizem amar a Deus amam menos umas às outras, amam de lábios, procuram seus próprios interesses, se separam, se dividem. Cada vez mais, sacode-se o jugo suave de Jesus para fazer somente aquilo que a carne deseja, aquilo que o mundo oferece. Não há a obediência que provém do amor.

Nesse cenário, os que são verdadeiramente nascidos de Deus continuam vencendo o mundo com uma fé cristocêntrica. Eles se opõe ao pensamento mundano e apresentam uma fé coerente, que se manifesta em amor uns pelos outros, um amor obediente, que não satisfaz os desejos da carne mas a vontade de Deus, esforçando-se em atingir os objetivos determinados por ele. Você está entre esses nascidos de Deus? Pense nisso e responda às seguintes perguntas:

  • [-] Que coisas esse texto leva você a tirar de sua vida?
  • [+] Que coisas esse texto leva você a somar à sua vida?
  • [/] Que coisas esse texto leva você a dividir com os outros?
  • [x] Que coisas esse texto orienta para multiplicar o Reino?

…………………………………………………
Para mais estudos bíblicos em 1João veja:

01. Você tem comunhão com Deus? 1João 1:5-7
02. Você conhece Jesus? 1João 2:3-6
03. Você está na luz? 1João 2:9-11
04. Você tem o amor do Pai? 1João 2:15-17
05. Você tem o Pai? João 2:22,23
06. Você permanece no Filho e no Pai? 1João 2:24,25
07. Você permanece em Jesus? 1João 3:4-6
08. Você é nascido de Deus? 1João 3:7-10
09. Você já passou para a vida? João 3:11-15
10. Você sabe o que é amor? 1João 3:16-18
11. Você sabe se é da verdade? 1João 3:19-23
12. Você reconhece o Espírito de Deus? 1João 3:24-4:3
13. Você reconhece o Espírito da verdade? 1João 4:4-6
14. Você é nascido de Deus? 1João 4:7-12
15. Você permanece em Deus? 1João 4:13-16
16. Você ama a Deus? 1João 4:19-21
17. Você ama os filhos de Deus? 1João 5:1-3
18. Você tem a vida? 1João 5:10-13
19. Você é ouvido por Deus? 1João 5:14-17
20. Você é nascido de Deus? 1João 5:18-21

Comentários não foram permitidos nessa página.