Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Bookmark and Share

Oficina da AMME

Solicite agora uma oficina de evangelização para a sua igreja. Clique>

Bookmark and Share

O livro de Marcos

Essa é a nova publicação evangelística da AMME para ajudar sua igreja na evangelização. Para mais informações [clique aqui].

Bookmark and Share

A visão de Cristo

Para ajudar a Igreja Brasileira é preciso olhar para ela como Cristo a vê. Conheça o Manifesto da Visão que tem orientado a AMME evangelizar desde a sua fundação. Nossa visão é chamar a Igreja Brasileira de volta ao primeiro amor e ajudá-la a fazer as coisas mais importantes. Seis minutos de leitura: A Visão de Cristo (7790)

Bookmark and Share

13. Você reconhece o Espírito da verdade?

#PACI17 – faltam 8 dias

“4 Filhinhos, vocês são de Deus e os venceram, porque aquele que está em vocês é maior do que aquele que está no mundo. 5 Eles vêm do mundo. Por isso, o que falam procede do mundo, e o mundo os ouve. 6 Nós viemos de Deus, e todo aquele que conhece a Deus nos ouve; mas quem não vem de Deus não nos ouve. Dessa forma reconhecemos o Espírito da verdade e o espírito do erro.” 1João 4:4-6.

A pregadores de todos os tipos, para todos os gostos. Há os que falam manso e outros que esbravejam, uns que parecem gurus budistas e outros que se confundem com poderosos homens de negócios, há os que andam no meio do povo e que se identificam com os jovens, outros habitam em uma torre de marfim e as pessoas lhes prestam muitas homenagens. Há pregadores ricos e pobres, tímidos e extrovertidos, há pregadores de Deus e do anticristo, da verdade e do erro. Sabemos disso, mas o difícil é saber quem são, como distingui-los. João nos apresenta uma solução eficaz e um tanto inesperada nesse texto. Vejamos.

[Ver] O que você vê nesse texto?
É importante lembrar que João estabeleceu um estatuto que vale para toda a seção do ‘exame dos espíritos’, tanto dos falsos profetas que vimos de 4:1 a 3, como da audiência, que estamos vendo agora. “Os que obedecem aos seus mandamentos nele permanecem, e ele neles. Do seguinte modo sabemos que ele permanece em nós: pelo Espírito que nos deu” 1João 3:24.

Novamente João desfaz os meios termos identificando dualismos em clara e bem definida oposição. Isso se evidencia pelo rico jogo de pronomes que há nesses três versículos. Vocês e eles; em vocês e no mundo; eles com o mundo e nós com todo aquele que conhece a Deus; quem não vem de Deus e nós; o Espirito da verdade e o espírito do erro. É preciso prestar atenção a esses opostos para entender o texto.

  • Como João relaciona os crentes e os falsos profetas e que razão dá para isso? “Filhinhos, vocês são de Deus e os venceram, porque aquele que está em vocês é maior do que aquele que está no mundo.” – ao se dirigir aos crentes, João os chama novamente de filhinhos e afirma que eles são de Deus. Ser de Deus nessa carta é o mesmo que dizer que estão em Deus. Ao se referir a aquele que está nos crentes, isto é, Deus, João completa o pensamento que já expôs anteriormente de que, se os crentes habitam em Deus, Deus habita nos crentes. Então, essa relação entre Deus e os crentes, tanto identifica quem eles são como determina a razão pela qual eles venceram os falsos profeta: Deus, que está nos crentes é ‘muito’ maior que o anticristo que está no mundo. A vitória dos crentes sobre os falsos profetas é descrita por um termo que indica uma batalha. Essa batalha espiritual e intelectual se configura em que os falsos profetas saíram da Igreja (de nosso meio 1Jo 2:19), mas os crentes permaneceram nela.
  • Como se explica a aceitação que os falsos profetas têm, e a perseverança dos crentes na verdade? “Eles vêm do mundo. Por isso, o que falam procede do mundo, e o mundo os ouve. Nós viemos de Deus, e todo aquele que conhece a Deus nos ouve; mas quem não vem de Deus não nos ouve.” – a resposta de João para o sucesso dos falsos profetas está finalmente nos ouvintes. Para eles o sistema organizado e as pessoas que vivem nele são a mesma coisa, por isso ele diz que quem os ouve é o mundo. O mundo os ouve porque eles falam do ponto de vida do mundo. E eles falam desse ponto de vista porque também vieram do mundo. É fácil entender, mas não podemos esquecer que esse mundo, incluindo sua gente, está organizado como uma igreja de falsos profetas, que procuram parecer que falam de Deus. Somente um exame cuidadoso pode mostrar a diferença. Por outro lado, os apóstolos, os verdadeiros profetas, procedem de Deus, são gerados por ele e quem conhece a Deus os ouve (sobre conhecer e ouvir veja 1João 2:3-6). Quem não os ouve não procede de Deus.
  • Como podemos reconhecer o espírito da verdade e o espírito do erro? “Dessa forma reconhecemos o Espírito da verdade e o espírito do erro.” – o apóstolo nos apresenta um último par de opostos. Considerando o contexto dessa passagem, o Espírito da verdade já foi apresentado como o Espírito de Deus, o espírito do erro já foi apresentado como o espírito do anticristo. A palavra ‘erro’ no original tem como base o conceito de vagar sem destino. Tomando uma palavra do português em seu sentido mais formal, o espírito do anticristo poderia ser apropriadamente chamado de espírito de vagabundagem. É uma descrição pitoresca do espírito que domina os falsos profetas e as pessoas que os ouvem. Estão vivendo erraticamente, vagando sem rumo, sem um propósito. Já o espírito da verdade é definido pela palavra bem traduzida como sinceridade. Tanto os verdadeiros profetas como aqueles que os ouvem não usam de falsidade, não tentam parecer algo que não são, não dissimulam suas intenções e nem mascaram o seu propósito.

[Ouvir] O que você ouve nesse texto?
Alguns falsos profetas tentam minimizar a separação que deve haver entre os crentes e o mundo. Para eles, sempre que a Bíblia acusa o mundo, ela se refere apenas às instituições e ao sistema. No entanto, é fácil perceber que o sistema não existe sem as pessoas, nem pode ser confrontado ou redimido independentemente das pessoas que o formam. Por isso, nessa passagem, ao dizer que os falsos profetas procedem do mundo, falam conforme uma cosmovisão mundana e por isso o mundo os ouve, João articula dentro do mesmo tacho as três instâncias: a) a natureza mundana dos profetas; b) a cosmovisão do sistema mundano; c) as pessoas que formam o mundo. Para efeito desse texto, esses três elementos combinados se autodenominam Igreja e é essa confusão que João quer eliminar.

Na primeira parte dessa seção, João falou dos falsos profetas e da necessidade de examinar o espírito que domina qualquer pregador, para saber se é realmente o Espírito de Deus. Nessa segunda parte, João olha para os ouvintes e diz que eles darão ouvido aos falsos profetas se forem o mundo, mas vencerão esses anticristos e ouvirão aos verdadeiros profetas se estiverem em Deus, se Deus habitar neles, se conhecerem a Deus. Então, é possível conhecer o espírito que domina um profeta, se o espírito da verdade ou o espírito do erro, apenas olhando para as pessoas que o ouvem e seguem.

Se quem ouve um profeta é o mundo, as pessoas mundanas, ele é dominado pelo espirito de vagabundagem. A pregação desses falsos profetas vem do mundo, porque é o mundo que os gerou. E o que há no mundo que se torna o conteúdo da pregação desses homens que atacam Jesus Cristo e tentam substituí-lo? “Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens…” 1João 2:16. O que há no mundo e que se torna a pregação dos falsos profetas é: a) sensualidade – inclinação pelos prazeres dos sentidos, o intenso desejo por coisas que afetam as sensações; b) exibicionismo – necessidade de exibir e aparentar algo, a paixão por coisas que fazem aparecer, se destacar; c) arrogância – orgulho, soberba, a paixão pelas coisas que dão status.

[Sentir] O que você sente nesse texto?
O que você gosta de ouvir? O que você considera uma boa pregação? Você é o mundo ou é de Deus? Você ama o mundo e o que no mundo há ou se esforça por atingir os objetivos dados por Jesus? Essas coisas revelam muito sobre seu líder e sua igreja. Não importa a religiosidade que você tenha, a estrutura de sua igreja ou a distinção de seus líderes, se você é mundano e se sente confortável nessa igreja com esses líderes, eles são falsos profetas e tal igreja não é da verdade. Mas, se você está em Deus, conhece Deus, tem o Espírito de Deus, aqueles líderes a quem você prefere ouvir devem ser verdadeiros profetas de Deus, guiados pelo espírito de sinceridade. Pense nisso, volte ao texto que estudamos e então responda a essas perguntas.

  • [-] Que coisas esse texto leva você a tirar de sua vida?
  • [+] Que coisas esse texto leva você a somar à sua vida?
  • [/] Que coisas esse texto leva você a dividir com os outros?
  • [x] Que coisas esse texto orienta para multiplicar o Reino?

…………………………………………………
Para mais estudos bíblicos em 1João veja:

01. Você tem comunhão com Deus? 1João 1:5-7
02. Você conhece Jesus? 1João 2:3-6
03. Você está na luz? 1João 2:9-11
04. Você tem o amor do Pai? 1João 2:15-17
05. Você tem o Pai? João 2:22,23
06. Você permanece no Filho e no Pai? 1João 2:24,25
07. Você permanece em Jesus? 1João 3:4-6
08. Você é nascido de Deus? 1João 3:7-10
09. Você já passou para a vida? João 3:11-15
10. Você sabe o que é amor? 1João 3:16-18
11. Você sabe se é da verdade? 1João 3:19-23
12. Você reconhece o Espírito de Deus? 1João 3:24-4:3
13. Você reconhece o Espírito da verdade? 1João 4:4-6
14. Você é nascido de Deus? 1João 4:7-12
15. Você permanece em Deus? 1João 4:13-16
16. Você ama a Deus? 1João 4:19-21
17. Você ama os filhos de Deus? 1João 5:1-3
18. Você tem a vida? 1João 5:10-13
19. Você é ouvido por Deus? 1João 5:14-17
20. Você é nascido de Deus? 1João 5:18-21

Bookmark and Share

Comentários não foram permitidos nessa página.