Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Oficina da AMME

Solicite agora uma oficina de evangelização para a sua igreja. Clique>

O livro de Marcos

Essa é a nova publicação evangelística da AMME para ajudar sua igreja na evangelização. Para mais informações [clique aqui].

A visão de Cristo

Para ajudar a Igreja Brasileira é preciso olhar para ela como Cristo a vê. Conheça o Manifesto da Visão que tem orientado a AMME evangelizar desde a sua fundação. Nossa visão é chamar a Igreja Brasileira de volta ao primeiro amor e ajudá-la a fazer as coisas mais importantes. Seis minutos de leitura: A Visão de Cristo (8067)

Líderes, não chefes

Venha para o Pacificadores

“…e no meio do fogo havia quatro vultos que pareciam seres viventes. Na aparência tinham forma de homem, mas cada um deles tinha quatro rostos e quatro asas.” Ezequiel 1:5,6.

Quando desenvolvi minha teoria sobre liderança há alguns anos, pensei em usar como sub-título “A utopia do ser”. Porque a proposição que fiz a partir de princípios bíblicos poderia parecer, aos olhos do mundo, uma utopia – ideal, mas impraticável. Contudo, o que é impossível para os homens é possível para Deus. Por isso usei como sub-título “A excelência do ser”.

Continua sendo minha mais profunda convicção que a verdadeira liderança nega o individualismo, porque se realiza no corpo social, onde cada pessoa é um membro especializado. Também é cíclica e não linear, já que não somos líderes sempre, mas nos alternamos em liderar e ser liderados conforme nossa função especializada no corpo social e as circunstâncias que esse corpo enfrenta. É a liderança circunstancial.

Entre as várias figuras bíblicas que apelam para essa visão de liderança, o Querubim, ou Keruhb em hebraico, é uma que muito impressiona. O ser mais excelente, aquele mais próximo do trono de Deus, não é um indivíduo, é um corpo social com quatro tipos que lideram circunstancialmente conforme a direção que deve seguir.

Sabendo que o temperamento de cada pessoa não determina se é líder ou não, mas imprime um tipo de liderança útil em determinadas circunstâncias, temos que cada tipo do Keruhb é melhor para liderar em uma circunstância do ciclo organizacional: a face de boi – melancólico – lidera em circunstâncias onde os controles precisam ser aumentados; a face de leão – fleumático – lidera quando é necessário aproximar as pessoas; a face de águia – sanguíneo – lidera quando o organismo social precisa de inovação; a face humana – colérico – lidera quando é necessário imprimir esforço para a produção em escala.

Assim, há sempre uma nova circunstância em que as características de liderança de um membro são necessárias, mas o maior desafio do líder é ser liderado. Isso os chefes não sabem fazer.

É para ensinar nossos adolescentes e jovens evangélicos a liderar e serem liderados que criamos o currículo Liderança Jovem para a Escola Intensiva de Evangelização da AMME = Pacificadores – que vai acontecer em S. Vicente – SP de 15 a 30 de janeiro de 2010. Para saber mais sobre o Pacificadores clique aqui.

1 comment to Líderes, não chefes

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>