Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Oficina da AMME

Solicite agora uma oficina de evangelização para a sua igreja. Clique>

O livro de Marcos

Essa é a nova publicação evangelística da AMME para ajudar sua igreja na evangelização. Para mais informações [clique aqui].

A visão de Cristo

Para ajudar a Igreja Brasileira é preciso olhar para ela como Cristo a vê. Conheça o Manifesto da Visão que tem orientado a AMME evangelizar desde a sua fundação. Nossa visão é chamar a Igreja Brasileira de volta ao primeiro amor e ajudá-la a fazer as coisas mais importantes. Seis minutos de leitura: A Visão de Cristo (8064)

A liderança reativa

Venha para Pacificadores, a Escola Intensiva de Evangelização da AMME
“Seguiu o conselho dos jovens e disse: ‘Meu pai lhes tornou pesado o jugo; eu o tornarei ainda mais pesado.” 1Rs 12:14

Roboão que, logo nos primeiros dias de seu reinado, perdeu a maior parte de seu reino, é um exemplo do que devemos evitar na liderança. Seu fracasso foi tão rápido e tão destrutivo que nem nos damos conta de que se repete diariamente, em menor escala, à nossa volta.

Podemos chamar a razão do fracasso de Roboão de liderança reativa, se é possível liderar reativamente. Supõe-se que um líder deve liderar, deve sair na frente, deve ser pro-ativo. Quando as decisões são tomadas como reação, de fato, o líder não está liderando mas seguindo. Isso é, quase sempre, desastroso.

Roboão reagiu ao passado. Triste, mas típico que filhos de pais bem sucedidos sejam líderes medíocres. Frequentemente, desgostosos de uma autocracia que sofreram e que os faz desejar se individualizarem, deixam de escolher o que fazer em função dos resultados, para simplesmente rejeitar o que é igual ao que o pai fazia, e abraçar aquilo que ele não fazia. Submetendo-se assim ao passado, deixam de liderar.

Roboão reagiu ao presente. Certa vez aconselhei um obreiro jovem que sucedia um pastor de intenso e brilhante ministério. Eu lhe disse que não pusesse uma placa de “sob nova direção” ao assumir a igreja, mas ele não ouviu. Logo destruiu seu próprio ministério prejudicando toda a igreja. Quando nos rendemos às tenatações do poder e passamos a fazer as coisas simplesmente porque há oportunidades, deixamos de liderar.

Roboão reagiu ao futuro. Quando as consequências de seus atos impulsionaram os fatos para uma configuração que ele não esperava, o novo rei ainda tentou uma volta ao passado, reuniu soldados para restabelecer as coisas como eram, sem perceber que a história não tem volta. É preciso viver para a realidade próxima.

As atitudes de Roboão ilustram bem o que os jovens de hoje devem evitar quando assumem uma posição de liderança, especialmente na evangelização: não se deixar pressionar pelas experiências ruins do passado, pelas possibilidades sedutoras do poder no presente, nem pelas inovações ameaçadoras do futuro. Antes, à semelhança do lema da cidade de São Paulo: não seja conduzido, conduza!

Para ajudar os jovens e adolescentes evangélicos a assumir sua posição de liderança na escola, na comunidade e na igreja, criamos o programa Liderança Jovem para a Escola Intensiva de Evangelização da AMME – Pacificadores. Em quinze dias, durante o mês de janeiro, vamos capacitar jovens para serem cabeça e não cauda. Para saber mais sobre esse programa clique aqui.

6 comments to A liderança reativa

  • […] A liderança reativa – Quando o líder deixa de liderar para seguir suas experiências, oportunidades ou emoções. […]

  • Pastor Bernardo, muito bom o artigo parabéns por estar direcionando a influencia para os jovens no Brasil, temos muito lideres jovens que precisam de exemplos e direção. Os jovens brasileiros precisam de um referencial e nós temos a biblia e todos os exemplos biblicos para auxiliar os jovens a se apaixonarem por Jesus como referencial de vida. Em todos os tempos não tem exemplo maior que o de Jesus. Estamos juntos nessa. Deus abençoe e continue lhe dando visão para onde Deus estiver movendo em nosso país você esteja junto com ele obedecendo o chamado. Deus abençoe. Abraço.

  • Mauro

    E o que dizer dos líderes que lideram sem saber para onde vão, pastor? Depois de passar por uma longa escola de liderança na mpc do Brasil, por um seminário missiológico e tentar fazer tudo conforme o script, estou sofrendo com este mal que o senhor definiu muito bem, a liderança reativa. Agora a pergunta que não quer calar: como lidar com tais líderes? A sua experiência mostrou que eles parecem que não querem ouvir a voz da experiência, a minha também. O que a gente faz, pede prá Deus nos mudar de barco ou afunda junto com ele?

  • Jhonny Lima

    Parabéns Pr. José Bernardo! Ótima matéria, pena que é aplicavél apenas para jovens….(dos 12 aos 100 anos em diante)

  • […] A liderança reativa – Quando o líder deixa de liderar para seguir suas experiências, oportunidades ou emoções. […]

  • Rosane Moura

    Amém irmão José Bernardo, louvo a Deus por sua vida.
    Sou jovem e hoje lidero o grupo jovem de minha congregação, embora seja pequena é muita responsabilidade para uma jovem liderar vários outros jovens, e, lendo sua matéria fiquei maravilhada, pois parecia direcionada a mim, que neste momento pesquisava algum material sobre como liderar.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>