Warning: mysql_query(): supplied argument is not a valid MySQL-Link resource in /home/storage/e/67/a9/evangelizabrasil1/public_html/wp-content/plugins/wordpress-form-manager/db.php on line 35

Warning: mysql_num_rows(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/storage/e/67/a9/evangelizabrasil1/public_html/wp-content/plugins/wordpress-form-manager/db.php on line 741
VENCER ATRAVÉS DA ESPERANÇA ETERNA | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Oficina da AMME

Solicite agora uma oficina de evangelização para a sua igreja. Clique>

O livro de Marcos

Essa é a nova publicação evangelística da AMME para ajudar sua igreja na evangelização. Para mais informações [clique aqui].

A visão de Cristo

Para ajudar a Igreja Brasileira é preciso olhar para ela como Cristo a vê. Conheça o Manifesto da Visão que tem orientado a AMME evangelizar desde a sua fundação. Nossa visão é chamar a Igreja Brasileira de volta ao primeiro amor e ajudá-la a fazer as coisas mais importantes. Seis minutos de leitura: A Visão de Cristo (8146)

Vencer pela esperança

Olá, gente!

Vou seguir com esta série sobre como vencer os enganos do mundo, aplicando-a na Evangelização

Há pessoas que não têm mais sonhos. Foram tantas decepções e sofrimentos que elas desistiram, não têm mais esperanças quanto a seu futuro; não têm objetivos para alcançar, elas simplesmente vegetam sobre a terra, lutando por sua sobrevivência. Há pessoas que têm objetivos, mas não enxergam muito longe. Elas buscam apenas coisas imediatas: melhorar sua aparência, trocar os móveis, comprar um carro novo, fazer uma viagem, ir a um show, conseguir um emprego, arrumar namorada (o), frequentar uma boa igreja… Também há pessoas que já enxergam mais longe e, por isso, têm sonhos e projetos de longo prazo.

Querem construir uma carreira, estabelecer uma família, contribuir com o desenvolvimento da sociedade, trabalhar para o crescimento de sua igreja etc. No entanto, todos esses objetivos referem-se apenas a esta vida, e se a nossa fé em Cristo objetiva apenas este tempo” somos os mais miseráveis de todos os homens“. Sabemos onde está a fonte da água da vida, não bebemos e ainda impedimos que outros bebam.

Na realidade, enquanto o aqui “e agora” for mais importante para o cristão do que uma eternidade com Deus, ele dificilmente irá cortar as raízes que lhe prendem ao mundo. Às vezes, como os discípulos, nos contentamos com a “glória momentânea” de Cristo num culto , a semelhança da transfiguração, quando Ele conversava com Moisés e Elias no Monte. Mas, Deus sempre nos chama de volta para a realidade do Reino que foi inaugurado na cruz, mas que ainda não alcançou seu estágio final. Ele nos chama para sermos protagonistas da expansão deste Reino, como súditos que proclamam as palavras do Rei, que vivem a ética do Reino, o amor.

O mundo quer nos convencer do contrário. O mundo quer nos convencer que devemos empreender todos os esforços para construir a nossa felicidade. Um empreendimento que levará toda a vida, um sonho de longo prazo que jamais se concretizará. No entanto,  até mesmo alguns bons cristãos, estão embarcando nesta expectativa. Estão mais esperançosos quanto às bênçãos de Deus para o presente do que quanto ao futuro ao lado de Cristo. Esqueceram-se que o Reino de Cristo não é deste mundo e querem construir aqui suas tendas.

Enquanto estivermos por aqui tudo será “em parte”. Nesta vida, tudo é imperfeito, sejam as amizades, o trabalho, o casamento, uma igreja, uma cidade, o estudo bíblico, trazendo-nos um misto de alegrias e decepções, de já chegou, mas ainda falta. Porém, são tantas “coisas agradáveis” que o mundo pode oferecer às pessoas para tentar convencê-las do contrário, que em seu livro O Peregrino, John Bunyam comparou esta organização da vida que desvia o crente dos propósitos de Deus de “feira das vaidades”. Nesta feira, os produtos oferecidos têm o poder de seduzir todos os nossos sentidos. É praticamente impossível passar por ela sem que algo nos convide para um banquete delicioso. No entanto, enquanto estamos nesta feira, nos banqueteando com suas delícias, as pessoas estão perecendo sem receber a Eterna Esperança.

Amados, se Cristo é realmente a nossa viva esperança, não apenas a “última que morre”, mas nossa esperança eterna, que venceu a morte, nós podemos vencer estas seduções do mundo, e viver o nosso chamado. Já é hora de nos desembaraçarmos dos pecados que tão de perto nos rodeiam, suportar o sofrimento varonilmente e desprezar os convites do mundo. Nós temos a Esperança de ver, face a face, a plenitude da glória d’Aquele que nos resgatou. Portanto, no tempo que nos resta nesta vida, antes de desfrutarmos desta alegria que nos está proposta, saíamos pelo mundo anunciando as virtudes d’Aquele que nos chamou das trevas para sua maravilhosa luz, pois este é o sinal que de fato temos esta Esperança e não estamos presos aos enganos do mundo. Oremos para que o Senhor da Glória toque em nossos corações e nos inunde desta Esperança a fim de que o nosso coração esteja no futuro e as nossas mãos no presente.

Referências: Tiago 4:4; 1 Coríntios 15:19, Hebreus 11:24-26, I João 3:1-3; Hebreus 12:1-2, 1 Pedro 1:1-7

Lauberti Marcondes

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>