FILE__).'/'); require_once(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> Apresentação Suficiente do Evangelho | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Apresentação Suficiente do Evangelho

Participando de um debate internacional em Fort Lauderdale – Flórida – EUA, na tarde do dia 13 de julho, sobre o mínimo de mensagem que deve ser dado a uma pessoa para se dizer que o Evangelho lhe foi apresentado, o miss. José Bernardo defendeu a posição da AMME sobre este tema. Estavam presentes representantes de todos os continentes e o debate continuou por cerca de duas horas. O miss. José Bernardo fez suas anotações on-line no tweeter, de modo que as pessoas que acompanham nosso ministério pudessem seguir o debate em tempo real. A seguir, a tradução das anotações feitas originalmente em inglês:

1. Agora vamos entrar no tema que temos chamado no Brasil de “Apresentação Suficiente do Evangelho”: O que e quanto do Evangelho precisa ser apresentado de uma vez.
2. Se eu admitir que a primeira parte da evangelização é minha responsabilidade e a parte seguinte devo transferir a outro que faça o acompanhamento, quem é responsável por este fruto? Quem vai garantir que ele permaneça?
3. Obviamente o “quê” e o “quanto” da mensagem do Evangelho depende da transformação que queremos ver. É a transformação que estabelecemos como alvo que determina a mensagem que escolhemos transmitir.
4. Quando a decisão por Cristo é algo tão amplo como “aceitar Jesus como Salvador”, ela tem, na verdade, bem pouco significado. Quando a decisão é modificar um comportamento específico, isso é um fato muito mais importante.
5. (Concordando com Rob Hoskins – presidente da OneHope) Quando usamos a mudança de comportamento para medir a transformação espiritual, não podemos esquecer que nosso alvo é realmente a transformação espiritual.
6. (Concordando com Bob Hoskins – fundador da OneHope) Sim, a mera mudança de comportamentos pode ser produzida por qualquer programa, até a pornografia muda as pessoas. A transformação que almejamos não acontece sem Jesus.
7. A Evangelização é primeiramente a mudança na vida das pessoas, como pregar trata do meio ou processo pelo qual a mudança acontece. É como dizemos na AMME, evangelizar é tornar como o Evangelho. Devemos buscar resultados (Frutos que permanecem).
8. A evangelização é o que devemos fazer. O discipulado é como fazemos. O primeiro contato para ensinar quem é Jesus já é discipulado.

9. (Mensagem de apoio do miss. Wayne Brown – AG) Amem!! Ou colocado de outra forma, a evangelização para ser efetiva requer o discipulado. Quando evangelizamos, devemos lembrar o que diz Mateus 28:19 “Vão e façam discípulos… batizando… ensinando” então estou com você.

10. Nós podemos decidir até quando vamos discipular uma pessoa, mas evangelizar sem discipular não é uma opção. Evangelizar é discipular.

A posição da AMME tem sido que a evangelização não é pedir uma decisão única, de coisas que o ouvinte nem sabe se pode decidir. Devemos levar cada pessoa a seu próximo passo. A evangelização é andar com outra pessoa pelo Caminho que é Cristo, passo a passo. Nesse sentido, o objetivo, o próximo passo que queremos levar a pessoa a dar é que determina a mensagem que vamos transmitir. Não é preciso lembrar que essa orientação só pode ser efetiva se houver suficiente pesquisa para conhecer a situação da pessoa (ou grupo) que estamos evangelizando.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>