FILE__).'/'); require_once(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> Sou eu quem vocês procuram | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Sou eu quem vocês procuram

Artigo do miss. José Bernardo, líder da AMME, baseado em sermão que proferiu na Igreja Batista do Povo em São Paulo. Um texto bastante interessante para refletir sobre mobilização da igreja para a missão de evangelizar todo mundo.

Quando preciso encontrar uma solução vou sempre buscar na Palavra de Deus. Faço isso me perguntando quem, nas Escrituras, passou por um problema ou uma necessidade semelhante, e qual foi a orientação de Deus naquele caso. Nunca fico desapontado. Procurando uma solução para mobilizar os crentes para a evangelização, lembrei daquele momento em que o próprio Deus precisou mobilizar alguém.

Lá em Cesaréia estava o sargento Cornélio, homem de prestígio e muito devoto. Seu esforço espiritual era sincero, embora ignorante: ele não sabia que boas obras não lhe podiam salvar, nem que homens não deviam ser adorados. Deus queria salvar Cornélio. Lá em Jope estava Pedro, parado no meio do caminho entre Jerusalém e os confins da terra, vivendo sua vida espiritual de líder eclesiástico e verdadeiro crente em Jesus: Orando, meditando, pregando, mas esquecido de ir por todo mundo e pregar o Evangelho a toda criatura.

Como levar aquele apóstolo a pregar aos perdidos? Você conhece a história da visão de Pedro, e é fácil notar que Deus precisou ajudá-lo a superar cinco obstáculos que o separavam da evangelização. Estes obstáculos são os mesmos que precisam ser vencidos na vida da maioria dos crentes, inclusive os líderes, em nossas igrejas.

“Tendo fome, queria comer…” At 10:10. É interessante ver como Pedro procurou bem rapidamente suprir suas próprias necessidades. Era um Pedro ainda parecido com aquele a quem o Senhor ensinara, junto ao poço de Sicar: Existe uma comida melhor do que essa. E nós também – da comida sempre lembramos, mas da obra que está por fazer quem se lembra? Nossa urgência por conforto e satisfação da carne é o primeiro obstáculo para a evangelização.

“De modo nenhum, Senhor!” At 10:14. Pedro viu o céu aberto, reconheceu a autoridade da voz que falava com ele, mais tarde testemunhou que foi Deus quem lhe mostrara (At 10:28). Mesmo assim resistiu. Seus preconceitos, sua cultura, sua religiosidade, seu modo de ver as coisas, sua cabeça dura, falaram mais alto do que a voz de Deus.

“Jamais comi algo impuro ou imundo!” At 10:14. Pedro resistia à mudança – ele fizera sempre daquela maneira e não ia mudar agora. Executivos no mundo todo pagam muito dinheiro para aprender a reagir melhor quando “mexem no queijo” deles. A Bíblia ensina (e de graça!) sobre mudança de Gênesis a Apocalipse, mesmo assim a Igreja resiste em promover mudanças que tornem a evangelização efetiva.

“Não chame impuro ao que Deus purificou” At 10:15. Deus havia feito uma mudança na história e Pedro não sabia disso e nem quis saber inicialmente, quando a informação estava disponível. Ignorância é a principal estrutura de promoção do pecado em nossa sociedade e a Igreja não escapa disso. O que é evangelizar? Como evangelizar? Como falar com um espírita, um budista, um emo? Quem não sabe não evangeliza!

“Isso aconteceu três vezes…” At 10:16. Não bastava o céu abrir e a poderosa voz ordenar apenas uma vez? Como somos vagarosos em nossas decisões! Como tudo é tão demorado na Igreja! Qualquer empresa iria à falência se demorasse tanto nas decisões, mas nós não nos importamos em perder grandes oportunidades na evangelização enquanto Deus fala uma, duas, três vezes.

Finalmente Pedro aparece na porta e diz a frase que, como o “eis-me aqui” de Isaías, deveria ser um símbolo de missões: “Sou eu quem vocês procuram”. E qual foi o impulso que despertou Pedro? O que tirou aquele crente do conforto de sua espiritualidade e o levou a pregar o Evangelho a um soldado do exército opressor? Oração! Pedro estava orando.

Há gente que ora pensando que vai mudar a vontade de Deus. Que ilusão! Deus só faz o que Ele quer. Quando oramos, mudamos a nós mesmos. Enquanto oramos nossa mente muda, nosso coração muda, nossa vontade muda, até que desejamos exatamente o que Deus quer, e ele quer que façamos discípulos em todo o mundo! Então pedimos o que Deus quer e ele nos atende.

Quando você pensar em mobilizar os crentes para a evangelização, pense nisso: Quando quis mobilizar Pedro para evangelizar, o Senhor contou com a oração. Convoque sua igreja para orar, leve os crentes a clamar, ore intensamente você também – então a evangelização não será mais impedida. Cada crente também vai dizer “sou eu quem vocês procuram”, milhares conhecerão a verdade e serão libertos.

José Bernardo é pastor, escritor e conferencista. Fundou e preside a AMME Evangelizar, missão que ajuda as igrejas evangélicas brasileiras a cumprir sua tarefa de evangelizar todo mundo: www.evangelizabrasil.com

1 comment to Sou eu quem vocês procuram

  • andrea

    voces estao de parabens,graças a Deus temos pessoas como voces no mundo,espero um dia evangelizar como voces,gloria a DEUS.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>