FILE__).'/'); require_once(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> Pescando Pescadores | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Pescando Pescadores

“Eles pescavam, mas não conheciam o Mestre dos pescadores até o dia em que chegaram uns pescadores de homens, então a história mudou…

Em 1986, nasceu a MEAP (Missão Evangélica de Assistência aos Pescadores), com a missão de comunicar o evangelho de Cristo, plantando igrejas entre os pescadores artesanais do Brasil. Uma minuciosa pesquisa identificou mais de 2.000 comunidades sem o evangelho ao longo dos 8.000 km de nosso litoral. Era início de 1990, e dois importantes resultados foram colhidos. O primeiro foi parceria com várias igrejas, que ajudaram a alcançar as ilhas, plantando novas igrejas. De acordo com a necessidade de cada comunidade, foram nascendo creches, escolas, centros de alfabetização, cursos de capacitação profissional e programas de alimentação e de saúde integral, com médicos e dentistas voluntários trabalhando com prevenção, tratamento e compartilhando testemunhos de relacionamento com Deus. Surgiram ainda projetos de perfuração de poços, construção de casas  para os mais pobres e vários outros.

O segundo resultado foi a mobilização de muitas igrejas que, por si só e embaladas pelo Espírito de Salvação, largaram sua zona de conforto e invadiram as ilhas e costeiras mais remotas, levando graça e vida por onde passaram e treinando líderes locais onde permaneceram. Quase 1.600 vilas de pescadores artesanais receberam o evangelho nos últimos 18 anos! Restam aproximadamente 400 comunidades a serem alcançadas, quase todas ao redor da ilha do Marajó. Para suprir esta necessidade, a MEAP pretende formar, em Janeiro de 2006, sua última base ao longo da costa brasileira (em Macapá-AP). Depois disso, se unirá àqueles que têm trabalhado na árdua e tão necessária tarefa de levar o evangelho integral às mais de 30.000 comunidades ribeirinhas de nossa pátria.

Cada cristão brasileiro tem a responsabilidade de unir-se a um projeto missionário e cumprir sua parte na evangelização do Brasil. A MEAP oferece oportunidade ímpar aos que desejam fazê-lo.”

Artigo de Márcio Garcia, pastor e diretor executivo da MEAP – Missão Evangélica de Assistência aos Pescadores. www.meap.org.br

Este artigo foi tirado da Revista Evangelizar número 04 “Brasileiros não Alcançados”. Para fazer sua assinatura, é muito fácil: ligue para 0800-121-911 e fale com um missionário da AMME Evangelizar. Teremos prazer em atender sua ligação.

2 comments to Pescando Pescadores

  • ola eu passei um tempo em companhia do MEAP de Guaraquessaba Paraná, junto com Oslei, Wanda, Artur e Irenilda, foi um tempo de crescimento e amadurecimento espiritual incrivelmente bem aproveitado.
    Desde que voltei de lá, minha vontade é voltar pra lá…
    O que aprendi com eles foi muito maior de que todas as experiencias que tive, o tempo que passamos compartilhando do amor de Deus, falando das suas maravilhas e poder ouvir o que Deus fez por aquele povo, sonho com o dia em que Deus vai me levar pra reencontrá-los, e oro também pra o ministério do MEAP crescer e alcançar mais e mais pescadores…

  • Humberto

    olá, gostei muito desta foto dos pescadores. teria como vcs me mandarem em um formato mais nidito?
    Humberto Wanderley

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>