Deus viu!


“… Mas Deus viu o meu sofrimento e o trabalho das minhas mãos …“ Gn 31:42

Dedique um momento missionário em sua igreja, no domingo dia 10 de agosto, para  orar pela agência missionária que tem impulsionado a evangelização no Brasil. [mais informações]

Bookmark and Share

Ao orar com a AMME, rogue ao Senhor da Seara que envie trabalhadores para sua Seara.

Ao doar com a AMME, oferte para a construção da base missionária Cidade Forte.

Ao agir com a AMME, utilize e divulgue o programa Iluminar.

Bookmark and Share

Contatos

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar prefira ligar para (11) 4428 3222.

Para contato telefônico com o Ministério Salva Vidas ligue para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Evangelização no esporte


Vivemos um novo momento da evangelização no contexto do esporte. A ênfase não está mais em os esportistas buscarem a Igreja, agora é a Igreja quem está buscando os esportistas. Esse livreto foi escrito para ajudar a Igreja nessa nova situação. Faça o download aqui: Apito Inicial

Bookmark and Share

3 atos missionários

Não deixe MISSÕES em branco! 3 atos missionários para restaurar e fortalecer a missão da Igreja. [veja aqui]

Missões em 3 atos
- Primeiro ato: interceda
- Segundo ato: dedique
- Terceiro ato: evangelize
.

Bookmark and Share

A história de Tiago

Encontro Nacional da AMME Evangelizar
Para quem já percebeu que o mundo mudou
De 20 a 22 de março de 2009 [
pré-inscrição aqui]


Erotização precoce, sexualidade irresponsável, indulgente e auto-gratificante, imoralidade legal, estímulo oficial à promiscuidade – são alguns dos desafios que devemos enfrentar na evangelização contemporânea. Leia, reflita e comente a história de Tiago.

Tiago está sob forte pressão. Ele tem 13 anos, alcançou a puberdade pouco antes de fazer doze anos e é bem desenvolvido para sua idade. O problema é que todos os seus colegas mais próximos já tiveram sua primeira experiência sexual e ele ainda não. Ele só pensa nisso. Seu quarto está decorado com posters de mulheres semi-nuas e seus pais acham isso normal. Ele tem acesso a filmes eróticos e coleciona fotos de mulheres nuas que encontra na internet. Foi na internet mesmo onde aprendeu que a masturbação é um hábito saudável e normal. Sexo é o principal tema na conversa com os colegas. Nas aulas de educação sexual ele aprendeu que a maioria das pessoas tem a primeira experiência sexual em sua idade e que isso é muito bom. Também ensinaram a colocar camisinha e distribuiram algumas que ele sempre leva em sua mochila. Nas últimas semanas Tiago tem “ficado” com uma garota que também não teve experiência sexual ainda, e os dois trocaram carícias muito íntimas. E agora? Como pregar o Evangelho ao Tiago? Como levá-lo a ser um discípulo de Jesus?

É por causa de Tiago e de tantas pessoas como ele que você precisa participar do Encontro Nacional da AMME. Nós vamos discutir os fundamentos da evangelização neste tempo. Você vai querer estar lá! [leia mais].

Importante: a história de Tiago reflete fatos reais. Nomes, locais, datas e imagens foram alterados para manter a privacidade dos envolvidos. “Outros doze discípulos” é uma série de 12 casos que representam os maiores desafios da evangelização contemporânea. A Igreja Evangélica Brasileira precisa apresentar respostas suficientes para estas questões ou sua pregação não terá relevância.

Bookmark and Share

1 comment to A história de Tiago

  • Kevim de Andrade Moreira

    Eu acho muito importe essa mobilização para os pregadores evangelicos.
    Tenho 15 anos e sou pregador, como Tiago conheço muito casos parecidos.
    No meu ponto de vista critico.Posso dizer que ja ouvi muitas pessoas discutirem esta assunto;muitas perguntas:
    Por exemplo:
    Como vou explicar para meu filho sobre esta assunto (sexo)?
    Muitos páis não sabem explicar este assunto; diferentes dos meus que sempre me explicou e me esclareceu varias perguntas.
    Posso dizer que isto é uma boa´idéia.

    Moro em Cianorte/Pr.

    Será que como meus pais que cada coisa tem o seu tempo e certo?
    Sou homem e como os outros tambem nisto só que tem uma fámilia rigida, minha familia são aquelas de anitaga.
    Fica deficel eu entender.

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>