FILE__).'/'); require_once(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> A história de André | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

A história de André

Encontro Nacional da AMME Evangelizar
Para quem já percebeu que o mundo mudou
De 20 a 22 de março de 2009 [pré-inscrição aqui].


Ignorância, irreverência, destemor, sedução, sensualidade, carnalidade e mundanismo são alguns dos desafios que devemos enfrentar na evangelização hoje. Leia, reflita e comente a história de André.

André nasceu em um lar evangélico e cresceu em uma igreja simples mas fervorosa. Mesmo sendo de uma família humilde, decidiu entrar na universidade. Seu pastor e seus pais ficaram apreensivos. Na visão deles a universidade destrói a fé dos jovens. Aconteceu como eles previam: André está no terceiro ano da faculdade e há mais de um ano não frequenta a igreja. Sua fé não resistiu às “explicações científicas” de seus professores “sabe tudo”, ele também começou a aceitar convites dos colegas para as festinhas da faculdade e a situação agora é ainda mais complexa. Um dos colegas mais chegados de André recentemente lhe mostrou como a prostituição pode ser uma forma de custear seus estudos e ainda sobrar dinheiro para as festas com os amigos; ele agora é um garoto de programa; Também começou a usar drogas para suportar a intensa maratona de estudos, festas e programas. Quando perguntado sobre sua fé, André diz que ainda acredita em Deus, mas não acha que ele é como aprendeu em sua infância: um Deus tão rígido, que proíbe as pessoas de se divertirem e se satisfazerem. Isso só pode ser invenção de gente simplória, sem estudo. E agora? Como falar do Evangelho a André? Como levar André a ser um verdadeiro discípulo de Jesus?

É por causa de André e de tantos jovens como ele que você precisa participar do Encontro Nacional da AMME. Nós vamos discutir os fundamentos da evangelização para esta geração. Você vai querer estar lá! [leia mais].

15 comments to A história de André

  • Paulo`Paulino de Souza

    A pessoa que nasce num lar cristão é privilegiada, porém, é também vulnerável. Há o risco de tornar-se um cristão nominal, creio que essa é a situação de milhares de jovens hoje, dai a razão de muitos dos nossos jovens estudantes universitários, não resistirem a tamanha tentação ou provação da fé.
    Os movimentos cristãos que atuam nas Universidade precisam das nossas orações e apoio, penso que tais movimentos são excenciais para o fortalecimento e proclamação das verdades eternas aos nossos alunos nas instituições de nível superior. Além, é claro, de uma base mais sólida nos lares desses jovens. As bases fortalecidas pelo testemhunho autêntico dos demais membros evangélicos da família, principalmente os pais.
    Por uma fé autêntica do berço.

  • Sirley

    André ouviu a Palavra quando criança.
    Estou certa que a oração tem muito poder para fazê-lo recordar do que aprendeu quando pequenino. O Espírito Santo poderá levá-lo a lembrar (de forma sobrenatural) das lições da classe de Escola Dominical, das letras dos cânticos, exemplos de pessoas… e tantas coisas mais. O Espírito Santo pode convencê-lo “do pecado da justiiça e do juízo”.

    A Bíblia é clara e verdadeira quando promete: “Ensina a criança no caminho em que deve andar e mesmo…” na faculdade, no pecado, com amigos ímpios… ele se lembrará e voltará a casa do Pai.

    Fica no entanto, a pergunta: Quem estará intercedendo por André?

    Um abraço

    Sirley

  • André, possivelmente viveu em um lar extremista cheios de legalismo religioso, a visão dos pais e do pastor que afirmar que a faculdade destrói a fé dos jovens é um absurdo ! o que destrói os jovens são as mas conversações que corrompem os bons costumes, e os abismos são em sequência…. A oração, o amor genuíno dos irmãos a intercessão e a palavra de Deus lavam a mente de qualquer ser humano e o leva ao caminho de vida que é JESUS. A sabedoria, a prudência, o diálogo são fundamentais mostrando ao Jovem os caminhos tanto de benção como de maldição, isto , dentro da palavra de Deus e tudo com muito amor.

  • Ricardo Otake

    Essa história de andré mostra deficiências na nossa fé. Se existe um medo no coração dos pais de que seus filhos vão se desviar…é contra o que diz a palavra de Deus : Ensina a criança no caminho que deve andar…ainda quando for velho, não se desviará dele. (Provérbios 22:6) A Bíblia traz varios exemplos de jovens que não se contaminaram e foram sal e luz, como José e Daniel. É possível um jovem se guardar incontaminado do mundo sim… com instrução, amor e dedicação dos pais, ensinamento bíblico.
    Deixar os jovens alienados, fazê-los viver em “bolhas” durante toda a vida não os prepara para viver no mundo e ser sal e luz no meio das trevas.
    Se a fé cristã não é suficientemente capaz de nos manter livres das mentiras de Satanás, então, essa fé é fraca e não teria a influencia que teve na história do mundo, ela com certeza teria sucumbido nos primeiros anos de perseguição feroz do império romano.
    Então onde está a diferença entre a fé dos cristãos primitivos que foram comidos por leões e a nossa fé de hoje ? Será que o mal ficou mais poderoso que Deus ? Os demônios ficaram mais fortes ? Jesus perdeu o seu poder ? Ele havia dito que toda autoridade no céu e na terra havia sido dado a ele. Essa autoridade nos foi dada em nome de Jesus. Nosso chamado é sermos sal e luz. Se o sal ficar sem sabor, não serve para nada e nossa fé…não serve nem para ser pisado.
    É preciso investir tempo e vidas para preparar nossos jovens para ir ao mundo e influenciá-lo com a palavra de Deus, com o amor de Deus. Caso contrário, a histórioa do André vai se repetir. Pessoas com falta de preparo, capazes de viver dentro de uma estufa chamada “igreja”, plantas fracas e raquíticas, que morrem ao primeiro sinal de tempestade.

  • Eu estou na faculdade de Letras. É meu primeiro ano. Eu terminei o seminário ano passado. Na aula de introdução à linguistica tive que ouvir a professora falar sobre a Bíblia, “que os homens escreveram o que quiseram” e depois ainda disse que era católica, rsrs. Eu tremi por dentro mas não falei nada, ela até falou algo da Reforma, quando a Igreja Romana usava o latim oficialmente em sua liturgia e tradução bíblica. mas não deu ênfase alguma na importância e contribuição que Lutero deu com sua Edição em alemão da Bíblia,e que muitos outros depois dele deram. Somente eu e mais uma garota é cristã em uma turma de 11. Eu esperei pra ver até onde a professora iria. Mas depois, essa minha amiga tinha dito que eu fui seminarista, e ela ficou pasma. E percebeu-se que da próxima vez ela vai “vigiar em suas palavras”, e provavelmente vai pedir minha opinião, demonstrando respeito.

    Eu só contei esse caso, pra mostrar que o jovem cristão deve ter certo preparo, na verdade, tem que “ter uma base”, e que a Igreja, a liderança, o pastor precisa voltar-se para o jovem, e formá-lo e informá-lo.

    Os desafios deste século são maiores, em outra dimensão e a Igreja deve estar cada vez mais bem preparada!
    Jairo

  • Este caso não é raro na igreja pois temos na nossa um trabalho de Grupos de Apoio no sistema dos 12Pasos e temos visto coisas… que até então eu achava que era coisa de “cinema ou novela”, mas… não é vida real e a “igreja”, não está preparada para se deparar com está questões da Pós-Modernidade.

  • Gilson Carlos

    Pecados se resolve com arrependimento do pecador, mas o perdão antecede o arrependimento. Porém na minha opinião o que precisa ser feito em todos os casos de pecado é amar, pois o amor supera tudo e Deus é AMOR!

    Tenho certeza que o caminho que Deus trilha com cada um é com cada um, e não há fórmulas, mandingas, campanhas, “círculos de oração”, palavras de maldição, disciplina, etc, quando o ser humano não quer arrepender-se. O que muito o ajudará será a intercessão de todos junto com amor, amizade, respeito, inclusão, e o resto é o Espírito Santo não por força e nem por violência.

    Se fosse pra mim julgá-lo eu não comentaria no site, e se alguém for julgar quem quer que seja saiba que “Aquele que está em pé, cuide que não caia.” A Graça de Deus é derramada sobre todos os bons e os maus, justos e ímpios. O sol nasceu pra todos!

    Em Cristo que nos chama para a paz, arrependimento e a estarmos em constante estado de metanóia,

    Gilson 03/03/09.

  • Giuseppe Figlioforte

    Olhando alguns comentários neste site vejo com é triste que os cristãos evangélicos tenham abraçado tão rapidamente a visão humanística de tolerância. Não julgue! Não repreenda! Não proiba! Isso não está na Bíblia. Isso não vem de Deus. Obviamente não julgamos de nós mesmos, porque somos falhos, mas a Palavra que pregamos, essa julga a todos! Mesmo quando a Palavra nos diz que se julgamos seremos julgados, não determina que não julguemos, apenas que tomemos a medida certa para julgar, já que com a medida que julgarmos seremos julgado.

    André e tantos jovens como ele estão nesta situação porque perderam a capacidade de julgar entre o bem e o mal. Abriram mão da medida que permite um julgamento correto e se tornaram incapazes de discernir. A coisa que mais o mundo recomenda é tolerância, mas é a que menos eles precisam. Para citar um dos “poetas” deste tempo (Que tempos! Que poeta!) Hay que endurecer, pero sin perder la ternura jamás.

  • Olá gente!

    A AMME veio com disposição de colocar o dedo nas feridas do atual contexto da evangelização pós-moderna.

    Penso que isolando as questões da mensagem ser cristocêntrica, dos evangelistas terem credibilidade e da comunidade de fé ter um compromisso de oração pela salvação e transformação de vidas, entender o contexto em que vivem os ouvintes é extremamente importante para obter êxito na ENTREGA DA MENSAGEM.

    O “André”, acima de tudo, precisa de amigos. Pessoas que estejam no ambiente dele e que neste lugar ofereçam exemplo, compaixão e direção.

    Estive no ambiente universitário e, de fato, os cristãos se encolhem, os professores, a maioria anti-religião, aproveitam para impor suas idéias, a galera da balada comanda o esquema da sala.

    Os movimentos universitários, tipo cruzada estudandil e ABU não chegam perto da maioria das universidades do Brasil. Não ha jovens suficientemente treinados para estar nestes ambientes. Precisamos fortalecer estas organizações, criar outras, enfim, prepararar os nossos jovens não apenas para se defender nestes ambientes, mas aproveitar estas oportunidades para resgatar aqueles que estão destinados a perdição.

    Pela misericórdia de Deus, eu dei testemunho na faculdade, montei grupos de oração e estudo, convidei pessoas para ir na igreja e ainda tenho procurado manter contato com os ex-colegas de classe para anunciar a razão da minha esperança, Jesus a sabedoria de Deus.

    Lauberti Marcondes
    Igreja O Brasil Para Cristo em Jd. Iguatemi – São Paulo
    http://diaconia-integral.blogspot.com
    http://www.convemig.com.br/lmarcondes

  • Edilson Soares Ribeiro

    Esta é a história de muitos jovens que entram na faculdade, mas não é a história de todos. Aqueles que receberam as bases para rebater as investidas contra o Cristianismo autentico se transformam em testemunhas fiéis do Senhor em meio ao ceticismo do meio universitário. O ensino com conteúdo da infancia até a mocidade, e o apoio de grupos como a ABU (Aliança Bíblica Universitária) são de grande valia para aqueles que permanecem firmes nos principios da Verdade que liberta. Histórias como a de André demonstram como o ensino de nossas igrejas precisa abranger os objeções que o mundo apresenta à nossa fé. Nos meus anos de faculdade os conceitos aprendidos de meus pais e de meus professores de escola dominical, e o compartilhar com esses irmãos me mantiveram firmes e me capacitaram a testemunhar aos outros da fé racional em Cristo Jesus.
    Para aqueles que querem consultar uma boa fonte de material sobre o assunto recomendo a Apostila – Em defesa da Fé – Do pastor Vlademir Hernandes, disponível para download no site de nossa igreja.

    Edilson Soares Ribeiro
    Igreja Batista Cidade Universitária.
    Campinas – São Paulo
    http://www.ibcu.org.br

  • Graça e paz, a todos

    Bom em primeiro lugar quero parabenizar a Amme por este trabalho tam fantastico que é a evangelização num periodo pós-moderno.
    Existem muitos andres nesta situação hoje infelizmente, mais acredito que se tais pessoas como este André deixou de ir a igreja a um ano, depois se envolveu na faculdade com os amigos, começou a participar das festinhas, virou garoto de programa para arrumar um dinheiro extra para pagar suas devidas ou contas.

    Mais pergunto-me, será que se este André, estivesse firme na presença deste Deus tam maravilhoso ao qual muitos na atualidade estão servindo e também estão fazendo faculdade secular iriam cair nesta armadilha na qual presenciamos ?

    Podemos observar neste texto do irmão André, que as decisões estão em nossas mãos , tanto na faculdade, como no trabalho na vivência com pessoas que não servem a Cristo, o ruim desta história é que ele descidiu a sua queda, nós, todos os dias descidimos, se iremos vencer as tentações ou se elas nos venceram, por isto temos que estar concientes das nossas descisões neste periodo pós- moderno.

    E agora o que fazer para resgatar o nosso irmão André ?
    Porque mesmo ele na situação que esta não deixou de ser nosso irmão em Cristo, só está sozinho, mais nós sempre seremos os seus irmãos em Cristo.
    Em primeiro lugar, temos que apresentar Cristo para ele, e mostrar em segundo lugar, que os valores morais do evangelho é muito superior aos valores do mundo, e ele ( Andre), precisa tomar uma descisão na sua vida, porque Cristo tem muitas coisas para fazer através deste André que para a sociedade falida não é nada , mais é um simples fantoche nas mãos do inimigo das nossas almas.
    Por isso a palavra de animo é essencial.
    Nós como igreja do Deus vivo temos que nos prontificar para resgatar aos muitos andrés que estão caidos, e isto acontecera somente através do poder da palavra de Deus, que esta humanidade estara em prontidão na presença do Senhor Jesus.

    Agora te faço um desafio seja uma ceifeiro de Cristo, porque muitos estão esperando ouvir e entender a poderosa mensagem do evangelho de Jesus.

    GRAÇA E PAZ

    Prof ° Fernando Ripoli / FABC

    Igreja Batista do Renovo
    Mauá – São Paulo
    http://www.fabc.com.br

  • Que a paz do SENHOR esteja com todos.
    So gostaria de deixar registrado,a minha opiniaõ,o que estou vivendo na
    sala de aula,a maioria dos cristaos nao leem a biblia, e nao sao convictos,de seus credos,creem superficialmente, nao sao alicerçados na palavra de DEUS. Nao tendo raiz,logo os espihos vem e os sufocao.

  • Eu acho que isto é o retrato do que vivemos. Infelizmente.
    Nosso adversário vive ao nosso deredor, bramando como leao, buscando a quem possa tragar, esta é a mais pura verdade, e se for alguém que possa dar mal testemunho do evangelho, melhor; assim os cristaos e Jesus serao altamente criticados e a fé mal propagada.
    Temos que orar para os jovens ao invés de julga-los e lembrar que, aquele que está em pé cuidado para que nao caia.
    Com Jesus e uma doutrina genuína, venceremos.
    abracos.

  • Prezados irmãos,
    No caso do André, na minha opinião, é aguardar o tempo, opreço que ele irá pagar pela rebeldia e pelo pecado, e orar em seu favor para que se arrependa em tempo, antes de ser destruido.
    Em cristo,
    Abrão

  • 666 chip Você é cristão e tem medo? Todos os dias recebo muitas perguntas de alunos, irmãos na fé, amigos e outras pessoas que são afligidas por dúvidas. Isto é positivo, pois, são as dúvidas que nos movem em direção as buscas das respostas.

    Este é um tema com muitas especulações e poucas respostas. Diariamente somos expostos a um farto material que nos bombardeiam com informações vindas dos veículos de comunicação (Tv, jornais, revistas, internet, etc). Muitos cristãos ficam aterrorizados, cuja causa, é a falta de conhecimento bíblico.

    Ler mai…

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>