FILE__).'/'); require_once(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> Levante esta bandeira! | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Levante esta bandeira!

Para: Igrejas e agências missionárias evangélicas brasileiras
De: José Bernardo, AMME Evangelizar
Assunto: Uma bandeira para missões

Saudações em Cristo

Uma bandeira é um símbolo com grande capacidade didática. A presença constante e a identificação pessoal fazem com que os conceitos nela representados sejam assimilados de modo intenso e duradouro. A inserção cultural da bandeira também faz com que tais conceitos se tornem comuns – é um elemento de educação comunitária. Não é sem causa que o desenho e a análise das bandeiras formam um próspero campo de estudo.

Pensando assim, desejo propôr uma bandeira para missões que represente a Grande Comissão que recebemos de Cristo para evangelizar todo mundo. Uma bandeira para todo o cristianismo bíblico.

“Onde o rio fluir tudo viverá” Ez 47:9

Justificativa: Há muitas figuras que poderiam representar a obra missionária, mas a “água da vida” é, sem dúvida, uma das preferidas de Jesus. “No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.” Jo 7:37,38. Bem conectada às palavras de Jesus é a visão profética de Ezequiel que anunciava um tempo como esse, falando de um rio que saía do Templo e que, sem receber qualquer outro afluente, se tornava mais e mais caudaloso, curando tudo por onde passava, favorecendo a pesca e o crescimento de árvores frutíferas. É daquela passagem a frase que bem pode resumir o significado da bandeira sugerida e lhe servir de divisa: “Onde o rio fluir tudo viverá” Ez 47:9. Beber da água da vida que é o Evangelho e se tornar uma fonte, fazendo fluir um rio de água que dá vida a outros, que também engrossam as correntes desse rio – esta é uma completa descrição da obra que estamos realizando ao cumprir nossa missão de evangelizar.

Descrição: Uma bandeira deve ser simples, facilmente reconhecida e reproduzida. 1) Dimensões – 14 módulos de largura (altura) e 20 módulos de comprimento; 2) Desenho – verde com três listas onduladas largas amarelas; 3) Especificações – as listas ocupam os oito módulos centrais da altura, e formam um desenho infinito (os dois lados se completam). O verde representa vida, o amarelo representa valor, as listas onduladas representam o rio, o número três das listas representam o tríplice compromisso do cristão com a obra missionária: intercessão, doação e evangelização.

Casa da Palavra, 31 de outubro de 2008.

José Bernardo
AMME Evangelizar



Mais informações ou arquivos para reprodução [clique aqui].

12 comments to Levante esta bandeira!

  • Talita Rodrigues

    Pastor Bernardo,
    Graça e Paz!

    Fico muito feliz em ver uma bandeira para Missões. Louvo à Deus. Tambem sou da corrente que pensa que uma bandeira é um bom factor agregador.
    Penso que poderá ser definido a cor (ton?) do verde e tambem do amarelo.
    Que Deus continue a abençoar.
    Em Cristo,

    Talita

    Paz, Talita.
    É justamente a grande capacidade do símbolo para ensinar que leva a AMME e a mim a defender o uso de uma bandeira para missões.

    De fato foi mais fácil definir as dimensões, já as cores raramente são definidas na vexilologia ou na heráldica, visto que cada verniz é único. Mesmo assim faremos uma definição em breve, isto permitirá mais fiel reprodução. Por hora eu diria que usamos o verde e amarelo como representados na bandeira brasileira.
    José Bernardo

  • Gostei da idéia de uma bandeira… agora não gostei do estilo… acredito ainda na velha idéia do mundo… no meio..e alguém semenando a palavra como já vi nas conferências da presbiteriana do Brasil aqui em Curitiba.

    Paz Marcelo.
    Uma bandeira deve ter um desenho tão simples que uma criança possa desenhá-la. É por isso que a grande maioria dos bandeiras usa as formas geométricas também utilizadas nos escudos. Desta forma a realidade que se quer lembrar é representada por símbolos. Quanto a usar o semeador, bem, você conhece a Bíblia e conhece a AMME: nós não encontramos base bíblica para representar a evangelização como semeadura. Jesus nos mandou orar por ceifeiros porque os campos estão brancos. A evangelização é colheita, porque a obra da salvação já está realizada. Mesmo assim, a figura da água, tão preferida por Jesus, foi a que lembramos de usar, porque apela ao fundamento da evangelização, o testemunho, e inclui toda a Igreja em um poderoso coletivo. Há outras maravilhosas figuras bíblicas para missões e evangelização, mas não era possível usá-las todas. Decidir é renunciar, e nós renunciamos outras para propor esta.

    Receba meu abraço
    José Bernardo

  • Marly Itaborahi

    tenho pensado muito neste tempo que estamos vivendo na verdade os acontecimentos no dia a dia me leva a preoculpar realmente com meu chamado e o que estou fazendo para o Senhor,a evangelizaçao sempre foi meu alvo,sinto que estou falha asensaçao que tenho e que estou amarrada ou andando em circulo ou parada em um so lugar,isto me incomoda pois sempre fui influenciadora na obra do pai,como posso ser util na AMME pr. marly itaborahi Betim MG igreja do avivamento

  • MARCIO A. DE PAULA

    A PAZ E A GRAÇA DE CRISTO JESUS!!!
    Gostei muito desse artigo e, das justificativas da bandeira, gostei tanto que gostaria de usa-la como símbolo do “COTEM” – COMANDO OPERACIONAL TÁTICO EM EVANGELISMO E MISSÕES.

    *Comando = Dispositivo que faz funcionar.
    Órgão central de administração de pessoal e material, em grande ou pequena escala, em operações específicas. Tem como missão o “planejamento das forças” (treinamento e utilização), e a “manobra de elementos componentes de uma estratégia”, com a finalidade de atingir a meta desejada, em empreendimentos de Evangelismo e Missões, em toda a sua esfera. A saber: Manutenção, Intercessão e Ação em campo.
    •Estratégia = o que fazer
    •Tática = como fazer

    O conceito acima é uma definição do inovador sistema de trabalho, que visa a excelência no cumprimento do “ide de Jesus”. Com a finalidade de Conscientizar, Sensibilizar e Motivar a igreja em direção à obediência à palavra de Deus, no que se refere à pregação do Evangelho, percebeu-se então a necessidade de um dispositivo, que gerasse, em cada servo de Cristo, o desejo de sair da inércia. Foi com esse intento que formamos o supracitado sistema de trabalho. No início, confesso, fiquei um tanto cético com relação a eficácia de tamanha ousadia, mas fui surpreendido com a confirmação do Espírito Santo em minha vida. Realmente senti a paz, aquela que contraria todo entendimento, como árbitro do meu coração. Entendi, que o que estava a minha frente, não era uma invenção, algo criado por mim, mas vindo direto do trono da glória do Pai. Como não podia deixar de ser, logo pessoas sensíveis ao Espírito Santo e comprometidas com a obra abraçaram a causa, engajando-se nesse desafio.

    Gostaria de usar essa bandeira na integra, inclusive a divisa.
    Mas para isso, acho eu , preciso do seu consentimento. Por favor me envie uma resposta o mais rápido que possível.Desde já agradeço.
    Um grande a braço!

    Ps. Sou aluno no curso de evang. avançado, e minha igreja está sendo assistida com material da AMME EVANGELIZAR.

    Prezado Márcio, paz eterna.
    Achei muito interessante sua proposta de trabalho, que Deus os abençoe neste propósito. Quanto à Bandeira de Missões, ela pode e deve mesmo ser usada junto às atividades evangelísticas missionárias. Contudo, devido ao caráter e propósito que tem, não deve ser usada de modo exclusivo, para representar um único ministério, mas sempre de modo coletivo, para representar a obra missionária de toda a Igreja de Cristo. Sendo assim, fique à vontade para usá-la e a divisa, que é um texto bíblico (Ez 47:9).

    Seu para evangelizarmos todo mundo,
    José Bernardo

  • Amados,
    Ótima idéia, mas sinto falta do sangue de Cristo que é a base de toda transformação, por isto, embora palmeirense, achei muito verdão. Mas, ainda bem que não tem o preto…
    Que Deus os bendiga.
    Pr. Francisco

    🙂 Qual o problema com o preto?
    Pastor Francisco, a Bíblia é riquíssima em símbolos e figuras, é impossível reunir tudo em uma só bandeira. Como a Bandeira de Missões tem um apelo mais para o cristão (que já sabe que a salvação está no sangue de Cristo), falar da natureza, da importância e do resultado esperado do testemunho cristão nos pareceu mais necessário. Foi assim que ficou tudo verde e amarelo!
    Receba meu abraço,
    José Bernardo

  • humberto marinho

    Linda Bandeira!.

  • […] Na montagem artística a bandeira foi desenhada contra foto do Rio Tapajós na altura de Santarém – PA. A Bandeira de Missões foi proposta para ser hasteada em conferências missionárias, eventos evangelísticos, escritórios de missões, ao lado dos púlpitos, enfim, onde quer que a igreja deva ser lembrada de sua missão essencial. O desenho da bandeira em suas proporções para reprodução (Corel Draw) pode ser solicitado à AMME pelo e-mail portal@evangelizabrasil.com. [Leia mais] […]

  • Olga Alves Granato Bizzo

    Pastor Bernardo,

    Achei a ideia otima. Somos por naturezas esquecidos e quanto mais tecnicas para nos fazer lembrar, melhor sera e se tem algo que nao podemos esquecer e a Grande Comissao, pois temos vivido tempos dificeis em que os cristaos vivem pulando de igreja em igreja atras de bencaos. Ficam na igreja que mais lhes convem ou atendam suas necessidades imediatas. Sao poucos os cristaos genuinos que estao dispostos a sair das quatro paredes e contribuir de algum modo para que vidas sejam resgatadas do inferno. Precisamos mesmo de uma Bandeira para lembrar e relembrar ao nosso povo a nossa verdadeira missao. Minha sugestao e que seja usada em todos os cultos e nao somente nos cultos de missoes, ja que precisamos ser lembrados a todo momento de que vidas morrem a cada segundo sem o privilegio de conehcer a Jesus, enquanto nos temos biblias em varias versoes e igrejas de varios modelos e ainda ficamos fazendo pouco de tudo que o Senhor tem nos concedido.

    Parabens pela inspiracao, que o Espirito Santo continue te ungindo e dando ideias que venham somar para o progresso do Reino de Deus e a falencia do inferno. Aleluia.

    Olga

  • Maria Aparecida

    Achei uma ótima idéia. E queria saber, a gente pode começar a usar esta bandeira em trabalhos dirigidos a missões e evangelismo em nossas igrejas?

  • Meire

    A idéia da semeadura não estaria no salmo que diz aquele que leva a preciosa semente andando e chorando voltará com alegria… e na parábola proferida por Jesus que diz que o semeador saiu semeando a semente e esta caiu em diversos tipos de terra?

  • Prezada Meire,
    veja a seguir a resposta do missionário José Bernardo sobre sua dúvida.

    Foi a tradição de ver a evangelização como semeadura que determinou a má interpretação das duas passagens que você mencionou. O Salmo 126:5,6 – embora muito usado em congressos missionários por toda parte, refere-se ao retorno do povo de Israel do exílio e pode ser aplicado às situações de vida em que passamos por grande aflição. Se nós semearmos nesses períodos, isto é, se formos fiéis no tempo das dificuldades, o Senhor nos dará um tempo de libertação e alegria. A simples leitura do contexto, ou seja, do salmo todo, revela isso. Nada a ver com a evangelização, posto que a evangelização não é um sacrifício que fazemos chorando, mas um privilégio do qual desfrutamos.

    Já a passagem do semeador, em todo o seu contexto, não se refere ao evangelista, mas ao ouvinte. Não é a evangelização que é igual a semear, é o ouvinte que é igual a um terreno. A parábola não nos ensina a como evangelizar, ela exorta aos ouvintes a serem uma boa terra para a Palavra pregada. Veja: “Quando alguém ouve a mensagem do Reino e não a entende…” Mt 13:19; “…aquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria…” Mt 13:20; “…aquele que ouve a palavra, mas a preocupação…” Mt 13:22; “…aquele que ouve a palavra e a entende…” Mt 13:23. Note que, em nenhum momento Jesus faz referência a quem é o semeador, antes, se concentra em quem são os terrenos. É uma ótima passagem para exortar quem ouve, mas aplicá-la a quem prega é uma péssima hermenêutica.

    Nossa evangelização precisa produzir resultados, e o Senhor nos responsabiliza por isso. Portanto, não podemos planejar apenas como distribuir folhetos, ou como dar Bíblias de presente, ou ainda como convidar pessoas para eventos na igreja. Precisamos ensinar as pessoas a obedecer tudo o que Jesus nos ordenou, precisamos fazer discípulos, transformar vidas pelo poder da Palavra e do Espírito Santo que opera em nós.

    Seu para a Evangelização Total

    José Bernardo
    AMME Evangelizar

  • Maria Leide de Abreu Araujo

    Querido, Pastor

    A Paz do Senhor Jesus, como faço para adquirir esta bandeira? o tamanho é padrão como a bandeira do Brasil? 90 x 1,28 mt? Dia 10/01/2010 haverá o culto de missões e gostaria de iniciar o primeiro culto de 2010 fazendo um clamor por Ceifeiros, pois a Seara é grande e pouco são os Ceifeiros. Aguardo

    No amor em Cristo.

    Leide

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>