FILE__).'/'); require_once(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> Criança: "SOS" | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Criança: “SOS”

Como parte do nosso trabalho na AMME, procuramos ajudar líderes de evangelização de diversas igrejas. Tenho acompanhado mais de perto o trabalho de uma igreja que demonstra uma sede imensa de evangelizar e de fazer diferença na vida daqueles que não foram alcançados ainda pela mensagem do evangelho. Essa igreja que ajudo, entre muitas atividades que realiza, começou um trabalho em uma comunidade carente próxima de um antigo lixão. Eu quis ver de perto e ajudá-los. Eles me prepararam a respeito do que eu encontraria lá, mas o impacto que causou em mim foi bem maior do que eu poderia esperar…

Uma vez que dou treinamento para líderes e professores de crianças, gosto sempre de estar em contato próximo com crianças de todas as camadas sociais para perceber e desenvolver métodos que ajudem esses líderes. Marquei com o seminarista responsável para ir neste domingo. A semana que antecedeu esse trabalho foi bastante difícil, estive quase para viajar, mas algo dentro de mim resistiu à idéia de desmarcar o compromisso. Eu sentia que precisava ir lá. Um grupo faria o trabalho com os adultos e eu ficaria, com outro grupo, ensinando às crianças.

Orei várias vezes durante a semana, porque eles haviam me prevenido quanto ao estado espiritual das pessoas que têm sido evangelizadas. Estudei a história bíblica, preparei o material e clamei para que o Senhor fosse à frente. Hoje cedo (domingo, 31 de agosto de 2008), levantei, estudei mais uma vez a história, orei e fui para o local na companhia do casal que tem liderado esse trabalho. O local não é muito distante de São Bernardo – SP. Pegamos uma pequena estrada de barro, e parecia que estávamos a muitos quilômetros de toda a civilização da grande São Paulo. É um lugar tão perto e tão longe da vista das pessoas.

Miséria – talvez não diga tudo que aquelas crianças vivem. Cheguei lá, contei a história, brinquei com elas, orei por elas todo o tempo, dei carinho e recebi o afeto delas. Guardei a imagem daqueles pequenos em minha mente e, ao chegar em casa, ver meus filhos limpinhos, bem cuidados, eu pensei em cada um deles que são tão sofridos e mesmo assim conseguem brincar. A água não chega sempre ao local, por isso eles não têm como lavar as roupas, alguns vestem a roupa até apodrecer e então jogam fora, não têm como tomar banho também, bebem até água de esgoto, brincam naquela água suja, bem pequeninos e já têm cáries nos dentes da frente; duas crianças que estavam lá dormem em um barraco sozinhas, porque o pai deixou a mãe e eles, e a mãe os deixou…

Ainda assim, já é possível perceber os sinais do trabalho que a Igreja Batista Manancial tem feito com aquelas crianças. Elas se sentem amadas, abraçam e querem atenção todo o tempo. Quando estávamos para sair, algumas crianças estavam tristes, chorando… Elas sabem que aquele grupo de servos do Senhor é a única esperança para elas.

A dor no meu coração é saber que, na situação dessa comunidade, há milhares espalhadas pelo Brasil – estes sofrem de miséria material e espiritual, outros são abastados financeiramente, mas sofrem da mais profunda miséria espiritual, não têm esperança… Não é um trabalho para um pequeno grupo, há trabalho para todo o povo de Deus. É só abrir os olhos e ver. Se você canta ou já cantou “Quero ser usado”; “Usa-me, Senhor”… Sinta a dor dessas pessoas, imagine a dor que Jesus sentiu por todas elas, por mim, por você… e faça alguma coisa… faça agora, porque muitos poderão não ter amanhã… porque a miséria mata. Jesus dá vida, e você pode ser o portador dessa vida.

4 comments to Criança: “SOS”

  • tina sousa sousa

    irmãos fiquei muito imocionada pela sintuação desse povo, chorei muito, e pensei tanta gente gastando dinheiro com coisa que não aproveita, com vaidade, com que não presta mais creio que meu DEUS vai prestar conta com esse povo que só enxenga seu inbingo, não tenho muito dinheiro, mais gostaria de ajudar

  • Ana Zelia Lucas Oliveira

    Meus amados irmãos,graças a Deus pela vida de vocês, que o Senhor abençoe a equipe e eu também quero fazer algo orando e contribuiindo.
    No amor do mestre Jesus. ana Zélia

  • Elizeu

    Pra Lourdes,

    Agradecemos a sua presença que nos apoia, motiva, anima, desafia e incentiva a prosseguir sempre no trabalho do SENHOR! Sua sensibilidade irradia sal e luz, algo tão escasso neste local mencionado.

    Obrigado pela presença, sensibilidade e orações.

    No amor de Cristo,

    Elizeu.

  • Maria do Socorro de Sousa Lima

    Querida irmã Lurdes,a palavra de Deus diz:Portanto meus amados irmãos sedes firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor,sabendo que o vosso trabalho não é em vão no Senhor.
    Que Deus te abençoe amada,estaremos aguardando novamente sua visita.Beijos da equipe.

    Socorro.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>