FILE__).'/'); require_once(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> Conexão China | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Conexão China

Entrevista com o pastor Marcos Grava, missionário da JMM desde 1999 e membro da Primeira Igreja Batista de Santo André. Falou sobre o projeto de Evangelização que está coordenando durante os Jogos Olímpicos de 2008 na China.

1-Como foi idealizado o projeto Conexão China para as Olimpíadas de Pequim?

M.G.:Foi um convite de lideranças missionárias na China e da ISC – Coalizão Internacional de Ministérios Esportivos, mentora de projetos como este em grandes eventos esportivos.

2-Fale sobre os objetivos do Conexão China.

M.G.: Por um lado, mostrar à Igreja Brasileira que ainda há muito a ser feito naquele país. São 500 milhões que ainda não ouviram, 250 povos sem presença cristã, 404 línguas sem tradução e 50 milhões de irmãos chineses sem sua Bíblia. De outro lado, aproveitar a abertura dos Jogos Olímpicos para, juntamente com outros missionários de diferentes países, manifestar a glória do meu Pai. Somente a presença dos filhos dEle aqui já é uma vitória, já que está sob o domínio do mal, coisa que sentimos no ar por aqui.

3-Quais os desafios de evangelizar a maior população do mundo dentro de uma competição esportiva?

M.G.: São gigantescos. Cremos que isso não acontece da noite para o dia, nem mesmo de um ano para o outro. É um processo longo, que leva décadas, mas precisa ser feito, a questão aqui é obedecer Atos 1.8 e seguir em frente. Cremos que o poder da intercessão pode ajudar muito nessa hora. A batalha aqui é espiritual.

4-Quantos brasileiros foram para a China?

M.G.: Trouxemos cento e dois, mas acreditamos que mais uns 15 a 20 devem ter vindo!

5-O que se pretende alcançar, quantas pessoas e de que forma, no Conexão China?

M.G.: Atividades que demonstrem o amor de forma prática, sem o compartilhar oral e direto. Por exemplo, ensinando inglês em áreas rurais, fazendo clínicas de futebol, KidsGames, apresentações de arte brasileira, encontros de negócios. Expedições de intercessão também estão sendo realizadas.

6-Precisamos ter mais vocacionados para o trabalho missionário. O que está acontecendo hoje que parece que temos tão poucos sendo chamados e preparados?

M.G.: Creio veementemente que parte da Igreja Brasileira está perdendo seus valores, trocando o eterno pelo que é transitório, investindo recursos, tempo e vidas em coisas que não são o foco de nosso Cristianismo. Missão é a agenda do meu Pai, sempre foi Seu desejo, e quando olhamos a realidade deste país, percebemos que a negligência, indiferença, e a falta de compaixão permitiram que se chegasse nesse quadro. Somente se reverte isso com arrependimento e mudança de valores. Não é possível termos na China metade dos missionários que temos no Egito, por exemplo, um número equivalente ao que temos no Timor Leste, países muito menores que este.

7-Deixe uma mensagem missionária para nosso leitor.

M.G.: Nenhum crente é o mesmo depois de uma experiência num campo missionário. Se o campo for um país fechado, mais ainda, é algo que muda nossa compreensão do que é ser um cristão, muda nossos valores, e nossos sonhos de realização. Minha palavra a você que nos lê, é que diga sim a um próximo projeto como este, em qualquer lugar do mundo, invista seu melhor para obedecer. Tem pessoas aqui que venderam o que puderam, até a TV, para pagarem suas passagens, mais elas receberão do meu Pai.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>