FILE__).'/'); require_once(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> Diversidade de dons | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Diversidade de dons

Muitos crentes sentem-se desestimulados para a evangelização porque não se identificam com as estratégias que sua igreja disponibiliza. Nestes casos, a liderança pode fazer melhor.
Pastor José Bernardo.

Paulo diz aos efésios:“E ele (Jesus) designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado…”. Ao ouvir isso, aprendemos três coisas importantes sobre o que é ser Igreja: 1) O que a Igreja deve fazer – a obra do ministério se identifica pelo resultado – se o corpo de Cristo cresce, então a obra está sendo feita; 2) A obra do ministério é tarefa de todos os santos – quem não trabalha para o crescimento da Igreja não está fazendo a obra do ministério; 3) Os santos só farão a obra do ministério se forem treinados – e isso é responsabilidade dos ministros, presentes de Cristo à igreja.

Apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres e posteriormente diáconos e epíscopos – todos devem produzir um único resultado: os santos preparados para trabalhar no crescimento da Igreja. Muitos crentes resistem a evangelizar por não gostar de distribuir folhetos. Tudo bem, há várias outras maneiras de evangelizar, e a diversidade de dons na igreja é justamente o que produz a diversidade de estratégias. Se um crente não encontra uma maneira de evangelizar, é possível que algum dos dons da igreja não esteja operante.

Quando um apóstolo prepara os santos para a obra do ministério, eles saem pelo mundo fazendo a evangelização pioneira e ficam conhecidos como missionários. Se é um profeta quem prepara os santos, eles aprendem a fazer a evangelização comunitária – reconhecendo as causas dos males da comunidade e proclamando a solução do Evangelho. Quando um evangelista se conscientiza de que seu trabalho não é só evangelizar, mas preparar os santos para fazê-lo, ele ensina a evangelização proclamatória e os crentes saem anunciando a boa notícia a toda criatura. Se for o pastor quem ensina os crentes a evangelizar, eles aprendem a evangelização pessoal, interessando-se pelas dores de cada pessoa e ministrando Cristo para sua realidade particular – não se deve confundir esta evangelização pessoal com a evangelização individual. Quando um mestre é quem está ensinando, os crentes ficam preparados para a evangelização apologética – aprendem a responder com mansidão aos questionamentos dos incrédulos. Os diáconos também devem preparar os santos – assim eles podem fazer a evangelização servidora – socorrendo o corpo finito enquanto ganham para Cristo a alma infinita.

Finalmente, aquele que preside a igreja, quando prepara os santos, lhes ensina a evangelização estratégica, que combina, conforme a oportunidade, todos os outros tipos de evangelização. Contudo, se alguém não se encaixa nessa diversidade de estratégias e unidade de propósito, ainda precisa ser evangelizado!

José Bernardo, pastor, escritor e conferencista, é o líder da AMME Evangelizar, missão especializada em ajudar as igrejas evangélicas brasileiras a evangelizar melhor.

O presente artigo foi originalmente publicado na revista Ideal Edição 05 p.19

1 comment to Diversidade de dons

  • Ivan Luiz (assinante da AMME)

    Somente quando se tem uma visão holística da Evangelização, conforme apresenta acima pelo Pr Jose Bernardo, é que a Igreja cumprirá a Grande Comissão e alcançará os resultados almejados.
    Todo membro do Corpo de Cristo, seja líder ou não na igreja local,
    deveria fazer da evagelização um estilo de vida muito natural.

    Infelizmente, para nossa vergonha frente a outros credos religiosos, essa ainda não é a nossa realidade. Artigo bem oportuno e bem colocado pelo autor. Avivamento bíblico para mobilizar toda a Igreja e paixão pelos perdidos JÁ!

    Ivan Luiz
    Assinante da Revista AMME
    Goiânia/GO

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>