"Descanso para vossas almas" | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

“Descanso para vossas almas”

Testemunho da Igreja Anglicana Água Viva, Olinda -PE, que tem como líderes os pastores Ian Meldrum e Siméa de Souza Meldrum.

No dia 16 de outubro de 1993, um grupo de jovens e adultos da congregação Emanuel, liderados pela pastora Siméa de Souza Meldrum, juntamente com alguns irmãos da Igreja Presbiteriana de Ouro Preto, realizaram o primeiro culto evangelístico no lixão de Aguazinha e expressaram  o amor do Senhor Jesus Cristo por aquela gente que morava e sobrevivia do lixo. Na ocasião, houve doações de cestas básicas, medicamentos e um delicioso lanche para mais de setenta crianças que lá moravam e trabalhavam. Ficou claro que aquela ação era o início de uma grande obra de Deus naquele lugar e, através daquela obra, em muitos outros lugares, pois o Senhor determinou que Ele daria um exemplo de seu amor e poder na vida daqueles menos privilegiados e esquecidos da sociedade. O grupo continuou levando 50 cestas básicas mensalmente, durante dois anos.

No ano de 1994, o grupo da nossa igreja que ali trabalhava descobriu que a miséria chegava aos limites mais terríveis, as pessoas que ali moravam e trabalhavam comiam também do lixo que era despejado. Uma família chegou a comer restos cirúrgicos de um corpo humano. Essa denúncia abalou o mundo e Deus começou a mudar a sorte daquela comunidade. A UNICEF conclamou Órgãos Governamentais competentes para que juntos elaborassem um projeto de recuperação da dignidade daquele local. A princípio, os parceiros pensaram apenas no local, transformar o lixão aberto em aterro sanitário com tratamento de bio-remediação.

Quando a igreja foi convidada para colaborar com a conscientização do povo, de que deveriam sair daquele local, a igreja se posicionou e advogou pelos direitos humanos da comunidade. Com um abaixo-assinado da própria comunidade e uma carta oficial enviada à prefeita de Olinda, pela MISSIO, que, providencialmente, se reunia em Recife, a sorte das cento e vinte famílias que ali moravam mudou. A Cohab doou cento e vinte kits e terreno como parte do novo projeto de trabalhar não só o destino do lixo, mas também com as famílias que ali sobreviviam. Nesse mesmo período, a Visão Mundial forneceu uma quantia para a construção do galpão para o ponto missionário, que já possuía uma sede adquirida com recursos através de doações. No dia 22 de dezembro de 1997, o Bispo  Edward Robinson Cavancanti celebrou a primeira confirmação dos membros do ponto missionário e, no concílio de 2000, a missão Água Viva foi aceita como congregação.

Até hoje, a congregação não é auto-sustentável, pois o local é formado por pessoas muito pobres e os membros da igreja são da mesma região. A igreja se sustenta com ofertas missionárias. Mas Deus tem providenciado tudo o que é necessário para a manutenção desse trabalho. O templo foi uma doação de uma empresa americana, onde podem sentar mais de quatrocentas pessoas; há um escritório e mais duas propriedades onde funcionam o ambulatório médico-odontológico, um centro de apoio à família, com mais de cento e setenta e oito crianças fazendo reforço escolar, pré-escolar e oficinas de artes.

A igreja está aberta diariamente, de segunda a segunda. Todas as tardes, as mulheres, mães de crianças do Projeto, se organizam em uma cooperativa e, com a ajuda de organizações como a Visão Mundial, elas estão produzindo artesanatos e vendendo até no exterior. Este ano vamos completar 15 anos de início deste trabalho no lixão de Olinda. Temos muito a agradecer e muito a pedir também. Pois um trabalho construído sobre a Rocha ele é demorado e profundo, pois envolve transformação de valores e princípios. Este local estava abandonado pelo governo local e não existia nenhuma igreja evangélica. Hoje, temos igrejas de várias denominações e programas governamentais trazendo mudanças e vida nova.

Temos um corpo de líderes formado pelas crianças que conhecemos há 15 anos. Elas cresceram em estatura e graça, e hoje são os novos modelos que não existiam nesse lugar. Pela graça de Deus, temos aprendido a amar esse local e aprendido a evangelizar de forma integral. Temos algumas parcerias importantes: trabalhamos com outras denominações e ONGs Evangélicas. O trabalho não tem a cara de uma igreja apenas, ele é um sinal do reino de Deus nessa região.

Agora, iniciamos uma parceria com a AMME. Utilizamos o material da AMME nos programas familiares, nas escolas do bairro, nas reuniões com os catadores, nas visitas domiciliares, na escola dominical e nas apresentações do filme Socorro. O material é muito prático e muito rico; temos sido muito abençoados nas capacitações que conseguimos participar, pois o material é muito simples e fácil de ser utilizado por pessoas simples como as nossas. Os materiais da AMME vieram nos dar mais instrumentos para evangelizar e discipular as pessoas da comunidade. Louvamos a Deus pela AMME e por esse material tão apropriado para a área onde Deus tem nos chamado a levar as Boas Novas do Evangelho.

 

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>