Igreja Perseguida 6 – Iêmen | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Igreja Perseguida 6 – Iêmen

Iêmen - BandeiraTradicionalmente, o Iêmen é identificado com o antigo Reino de Sabá citado na Bíblia. Muitos cristãos viviam no país por volta do ano 500 d.C., mas foram expulsos pelo avanço do Islamismo. Uma minoria de alguns milhares de cristãos habita o país, constituída principalmente de trabalhadores estrangeiros provenientes de países como Alemanha, Cuba, Rússia e Estados Unidos. Esses estrangeiros são católicos ou ortodoxos em sua maioria. Os cristãos nativos somam menos de mil pessoas e muitos deles chegaram ao conhecimento de Jesus Cristo por meio de transmissões radiofônicas. Eles mantêm suas identidades religiosas em sigilo, pois temem o que pode lhes acontecer se forem descobertos. A constituição iemenita garante liberdade religiosa, mas também declara que o islamismo é a religião oficial e que a lei sharia é a origem de toda legislação. O governo iemenita dá alguma liberdade para que os exilados vivam sua fé; todavia, os cidadãos iemenitas não podem se converter ao cristianismo (nem a outras religiões). Os ex-muçulmanos convertidos a outra fé podem enfrentar a pena de morte se forem descobertos. É proibida a conversão de mulçumanos. Durante o ano passado, diversos cristãos convertidos foram presos e feridos fisicamente por causa de sua fé. No Iêmen, em 2007, não houve grande mudança em relação à falta de liberdade religiosa dos cristãos.

Dados gerais

Capital Sana
Governo República, chefiada pelo presidente Ali Abdallah Salih desde 1990
População 23 milhões (26,3% urbana)
Área 527.968 km2
Localização Oriente Médio
Idioma Árabe
Religião Islamismo 99%, cristianismo 0,4%, pequena comunidade judia
População cristã 11 mil (estrangeiros inclusos)
Perseguição Opressão severa
Restrições A lei islâmica é a fonte da legislação. Portanto, é proibido abandonar o islã ou evangelizar muçulmanos. Os adeptos de outras religiões têm liberdade para se reunir

Motivos de Oração

1. Os iemenitas sofrem por não conhecerem o Evangelho. O islamismo já domina o Iêmen por mais de mil anos. Ore para que o Evangelho alcance uma maior penetração no país.

2. Formas criativas são necessárias para levar o Evangelho ao Iêmen. Ore pela eficácia dos “fazedores de tendas” – cristãos que trabalham no país e têm a chance de testemunhar de forma discreta. Alguns têm obtido êxito em compartilhar o Evangelho e converter pessoas.

3. Os cristãos iemenitas são excluídos da estrutura social. Ore para que os cristãos nativos se unam e desenvolvam companheirismo. Em geral, os cristãos que vivem em países muçulmanos são marginalizados pela sociedade, o que pode resultar em profunda solidão. O companheirismo entre os cristãos, mesmo que estejam em pequeno número, pode ajudar a atenuar esse sentimento.

4. A única comunhão de alguns cristãos são os programas das rádios cristãs. Transmissões de rádio em ondas curtas direcionadas ao Iêmen têm sido responsáveis por centenas de conversões secretas. Ore pela continuidade da eficácia das rádios e pelo desenvolvimento de métodos que promovam o relacionamento entre os cristãos que mantêm sua fé em sigilo.

5. Muitos convertidos iemenitas sentem-se completamente sós, ainda que estejam rodeados por seus familiares muçulmanos. Os maridos ou esposas dos convertidos são muçulmanos, assim como seus filhos, por isso eles temem compartilhar sua fé com a própria família. A descoberta poderia levar à prisão, condenação e até à morte. No entanto, sem ter ninguém com quem se relacionar, muitos convertidos correm o risco de abandonarem o recém-descoberto relacionamento com Cristo.

6. É comum que cristãos nativos sejam presos. Alguns são até mesmo torturados e muitos são detidos sob falsas acusações. Ore para que o governo perdoe e liberte os cristãos que estão presos. Ore também para que ocorra um avanço nas relações entre a igreja e o governo.

7. Os lideres do país necessitam de um relacionamento com Jesus Cristo. Ore para que os governantes aprovem e cumpram leis que assegurem a liberdade religiosa, permitindo o livre exercício da religião e a evangelização. Peça pela conversão dos governantes.

Fonte do texto: www.portasabertas.org.br

1 comment to Igreja Perseguida 6 – Iêmen

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>