FILE__).'/'); require_once(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> Entrevista – 2008 Ano da Bíblia | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Entrevista – 2008 Ano da Bíblia

“A Bíblia é um livro para todos” – Este é o lema do “Ano da Bíblia” que visa a promover ainda mais o conhecimento das Sagradas Escrituras. A Sociedade Bíblica do Brasil celebra 60 anos de existência em 2008 e está também celebrando 200 anos das primeiras edições da Bíblia em português para o Brasil. Nossa entrevista será com o Pr. Eude Martins, coordenador do ano da Bíblia.

1. Como está estruturado o projeto que faz de 2008 o “Ano da Bíblia”?

Eude Martins – A Missão da SBB – Sociedade Bíblica do Brasil – é difundir a Bíblia e a sua mensagem a todas as pessoas e a todos os grupos sociais como instrumento de transformação social. Para que esses alvos sejam alcançados é necessário que a Bíblia seja lida; para promover esta motivação nacional em torno da leitura sistemática da Bíblia, 2008 foi proclamado o Ano da Bíblia no Brasil.

Alguns pontos do contexto que informou a decisão da Diretoria da SBB de celebrar 2008 como o Ano da Bíblia:

a) Anos cheios, em geral, são motivo de celebração. No matrimônio, por exemplo, celebramos Bodas de Prata aos 25 anos e Bodas de Ouro aos 50. Assim, as Sociedades Bíblicas, que, neste momento, são um total de 145 SBs Nacionais no mundo, quando chegam a um número cheio de anos de atividades num país (10, 20, 30 etc.), celebram essa data de modo especial. A SBB chega, em 2008, aos 60 anos de existência. É praticamente o tempo de uma vida humana! Isso certamente merece uma celebração especial. Temos aí, portanto, um dos elementos que inspirou a Diretoria da SBB a celebrar 2008 como o Ano da Bíblia.

b) O outro fato importante e inspirador dessa celebração teve lugar dois séculos atrás. Sem entrar nos detalhes da história, foi em 1808 que chegou ao Brasil D. João VI, rei de Portugal, em fuga, diante da ameaça dos franceses, pois havia assinado um acordo de cooperação com os ingleses. D. João VI partiu, com toda a sua corte, em 29 de novembro de 1807, mas só chegou a Salvador, Bahia, em 22 de janeiro de 1808. Uma semana depois de ter aportado em Salvador, no dia 28 de janeiro de 1808, D. João VI decretou a abertura dos portos brasileiros às nações amigas. Além do próprio D. João VI ter trazido ao Brasil um exemplar da Bíblia de Gutenberg, o Brasil agora estava aberto para a Sociedade Bíblica Britânica e Estrangeira, que havia sido fundada há 4 anos e que, no mesmo ano de 1808, essa Sociedade Bíblica se animou a produzir Escrituras Sagradas em língua portuguesa e a enviá-las para a colônia portuguesa nas Américas. Os primeiros 12.000 exemplares do Novo Testamento em português só chegaram em 1809, mas foram editados e produzidos em 1808 para o Brasil. Eis mais uma razão para celebrar 2008, junto com os 60 anos da SBB, como o Ano da Bíblia. Em 2008, fará 200 anos que os portos do Brasil estão abertos para receber as Escrituras Sagradas de forma sistemática, contínua e ininterrupta; a primeira grande tiragem de Escrituras foi produzida para o Brasil.

2. Quais são os objetivos desse projeto da SBB?

EM – a) Sensibilizar a sociedade brasileira a ler a Bíblia e descobrir seu valor para a vida.
b) Promover a Bíblia na agenda cultural da sociedade brasileira, sensibilizando a população e a mídia, com o objetivo de fazer chegar a mensagem da Bíblia aos 184 milhões de brasileiros.
c) Destacar seu aspecto cultural e histórico.
d) Divulgar a vocação inequívoca do Livro Sagrado de ser e se manter como o maior best-seller de todos os tempos.
e) Agradecer a Deus pela possibilidade de transmitir os ensinamentos sagrados de geração a geração.
f) Realizar uma ação pedagógica que promova a leitura e o conhecimento, mobilizando inúmeros agentes da cultura, educação e espiritualidade numa ampla reflexão sobre as Sagradas Escrituras e a sua contribuição para a paz e a solidariedade.

3. Como está o envolvimento nacional? Que está sendo feito nesse sentido?

Mais de 2,4 mil membros já compõem os Comitês nacional e estaduais de referência e apoio ao Ano da Bíblia, com o compromisso de divulgar a Causa da Bíblia e incentivar a leitura do Livro Sagrado. Líderes cristãos, executivos de órgãos de comunicação e de editoras e diretores de instituições de ensino teológico, além dos membros da Diretoria e presidentes dos Diretórios da SBB, estão entre as personalidades que se engajaram na campanha. A expectativa é que esse número cresça ainda mais. Como os comitês são dinâmicos, certamente teremos novas adesões.

A ação de maior envolvimento nacional será o projeto “A Bíblia Manuscrita”, que está mobilizando cerca de 8,5 mil voluntários em todo o país. Junto a cada “Scriptorium” (local onde as Bíblias serão copiadas) haverá diversas atividades promocionais, como exposição de Bíblias antigas, expositores de literatura bíblica para aconselhamento e evangelização, programações especiais para as crianças, entre outras atividades.

4. Nosso país tem um índice altíssimo de analfabetos funcionais, são cerca de 70% os que não compreendem o que lêem. Como esse projeto pode facilitar a leitura da Bíblia para esse público?

O uso da Bíblia como elemento motivador da educação é algo milenar na história da humanidade. O povo israelita, no Antigo Testamento, era um dos mais alfabetizados na Antigüidade. A razão disso estava no fato de eles prezarem tanto os escritos do Antigo Testamento que desenvolveram escolas (sinagogas) para seu ensino. Da mesma forma, a Bíblia foi importante no desenvolvimento histórico das escolas, sistemas de ensino e universidades, no período depois de Cristo.

A história da educação no Brasil também registra a Bíblia como o livro de maior fomentação da alfabetização. Milhares de pessoas, através dos anos, têm se dedicado ao aprendizado da escrita e da leitura com o objetivo principal de serem capazes de ler a Bíblia Sagrada. E esta prática de leitura pela Bíblia contribui eficazmente para a redução do analfabetismo funcional. Como o objetivo central do Ano da Bíblia é incentivar a leitura sistemática das Escrituras, ele vai contribuir para facilitar a leitura da Bíblia por esse público.

5. Faz parte desse projeto a distribuição de Bíblias de forma gratuita?

E.M. – Embora a Sociedade Bíblica do Brasil não tenha condições de atender todos os pedidos de doação de Bíblias que recebe, ela tem zelado para que as Bíblias sejam sempre oferecidas pelo menor preço possível e com descontos especiais para necessidades específicas.

Bíblias são distribuídas de forma gratuita em situações de emergência, para segmentos da população em situação de risco social, por meio de parcerias com organizações que auxiliam na distribuição de materiais bíblicos. A SBB também distribui material didático e paradidático a escolas que têm em sua grade curricular o Ensino Religioso. Minibibliotecas com mais de 200 títulos são doadas a escolas em locais onde há pouco ou nenhum acesso a livros. A SBB tem ampliado a oferta de literatura bíblica para o Deficiente Visual, contribuindo para o processo de inclusão, desenvolvimento cultural e amparo espiritual do deficiente visual. O programa Ação Social pela Paz distribui Bíblias em presídios e comunidades terapêuticas, baseado em ações preventivas que visa combater as causas da violência.

6. Como obter informações para participar do “Ano da Bíblia”?

E.M. – As informações sobre o “Ano da Bíblia” estão disponíveis no site www.anodabiblia.org.br. Os contatos podem ser feitos pelo e-mail anodabiblia@sbb.org.br e pelo telefone 11 3474-5702.

1 comment to Entrevista – 2008 Ano da Bíblia

  • Parabéns ao pr. Eude e toda equipe de oraganização e realização do Ano da Bíblia – 2008, quero incentivar todos que passarem por aqui que acessem o site e inscrevam suas igrejas nesse projeto. A minha já está inscrita inclusive já agendamos uma visita ao Museu da Bíblia e à Grafica da Bíblia.

    “Sola Scriptura”

    Estamos juntos!!

    Saulo Piloto
    IB Jerusalém- Sto André – SP

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>