FILE__).'/'); require_once(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> Violência contra os índios | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

Violência contra os índios

indios1.jpg
Há tempos o índio vem sofrendo com o desmatamento, a violência, as drogas e a prostituição em suas comunidades, e o que é mais grave, poucos desses índios são alcançados com o evangelho de Jesus Cristo.

Atualmente, o Brasil tem uma população indígena de cerca de 734.000 habitantes. Eles estão reunidos em 220 sociedades e falam 18 idiomas diferentes. Cerca de um terço da população indígena brasileira vive atualmente na região Norte do Brasil, onde está localizada a Floresta Amazônica. Mais de 230 missões evangélicas e católicas atuam em áreas indígenas.

No Diário de Notícias do dia 07 de janeiro de 2008*, foi publicada uma matéria mostrando que a violência contra o índio cresceu 63% em 2007, em relação ao ano anterior. Podemos dizer que está acontecendo um genocídio? O que temos feito?

Os conflitos pela disputa de terras e o confinamento de algumas tribos em pequenas áreas geográficas têm contribuído para o extermínio de muitos índios.

Em 2006, foram assassinados 48 índios, no ano passado 76 índios; o maior número de índios assassinados foi no Estado do Mato Grosso do Sul, na região Centro-Oeste, com um total de 48, seguido pelo Estado de Pernambuco, na região Nordeste, com oito vítimas.

Segundo o Conselho Indigenista Missionário (CIMI), uma organização ligada à Igreja Católica que luta pelos direitos dos povos indígenas, em comunicado, disse que a principal razão para o aumento da violência é o “confinamento” a que são submetidos os indígenas de Mato Grosso do Sul, nomeadamente da tribo Guarani.

Isto se comprova quando vemos que, dos 48 assassínios ocorridos no Estado, 14 ocorreram em Dourados (uma das principais cidades da região), onde há a maior concentração de indígenas por hectare, segundo se lê no comunicado.

A organização salientou que os conflitos entre índios e grandes fazendeiros pela posse da terra também estão entre as principais causas do aumento da violência contra os povos indígenas.

O conflito é agravado pela relutância das autoridades responsáveis, entre elas a Fundação Nacional do Índio (FUNAI), em levar adiante a demarcação das terras indígenas.

É de difícil compreensão a continuidade, até hoje, deste processo cruel de extermínio de todo um povo, sob as vistas da sociedade nacional, dos governos, das instituições da República, sem que medidas efetivas sejam tomadas”, lamentou a organização.

Vale lembrar que o CIMI é contrário à prática da evangelização entre os povos indígenas. “Nós não admitimos este tipo de intervenção”, defende Saulo Feitosa, vice-presidente do Centro.

Toda essa violência tem acontecido com os índios que estão dentro do nosso país, bem debaixo dos nossos olhos; estão sendo dizimados e pouco temos feito por eles. Precisamos encarar como nossa responsabilidade alcançar o índio, pois muitos indígenas têm morrido sem ouvir o evangelho. O Senhor Jesus também morreu pelos índios e nos deu a responsabilidade de anunciar o evangelho a eles também. Algumas igrejas têm olhado outras nações como alvo a ser alcançado e têm se esquecido dos nossos índios. Devem alcançar outras nações sim, mas sem esquecer da nossa nação.

Quero desafiar você a orar mais pelos índios do nosso país, investir mais seus recursos financeiros com aqueles que pregam o evangelho a eles e, se você tem um chamado missionário para pregar para os índios, venha para a Escola Superior de Missões da AMME, aqui você poderá se preparar para um ministério frutífero entre os os povos indígenas em nosso país.

Algumas missões que você pode entrar em contato para saber mais sobre o trabalho missionário no meio dos índios:

Missão Novas Tribos
Missão Evangélica aos Índios do Brasil
Missão Além
Missão Antioquia
Missão Amém
Missão Asas de Socorro
Missão Ate
Missão Evangélica Caiuá

*site: www.dnoticias.pt

8 comments to Violência contra os índios

  • Roberto

    Neste artigo você tem acesso a algumas missões que trabalham com os índios.

  • Acho legal que voces fação uma matéria sobre índios, pois isso de alguma forma ajuda a diminuir o preconceito!
    Legal ficou muito bem feito!!

  • sandro aragao

    não fazia ideia que o evangelismo de indios fosse tão dificil
    que Deus abençoe vocês.

  • vinibo°°

    fiko feliz eim saber que os indios também estaum servindo a um DEUS dígno fiko feliz em saber por ter passoas capacitadas para evangeliza-los

  • quero saber tudo sobre os indios me mande

  • fico feliz por os indios tambem serem lembrados pois todos nos viemos dessas civilizaçoes…mandame fotos de indios pf…obrigado

  • ANITA

    amém,entrei por acaso nesse saite e fui alerta sobre tão importante asunto, oração pelos indios ainda nao tinha orado assim especifico por eles, vou fazer disso uma esperiencia com o nosso DEUS.
    A PAZ DO SENHOR JESUS.

  • ficouuuuuuuuuuuuuuuuu!otimo

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>