Warning: mysql_query(): supplied argument is not a valid MySQL-Link resource in /home/storage/e/67/a9/evangelizabrasil1/public_html/wp-content/plugins/wordpress-form-manager/db.php on line 35

Warning: mysql_num_rows(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/storage/e/67/a9/evangelizabrasil1/public_html/wp-content/plugins/wordpress-form-manager/db.php on line 741
(ABSPATH.'wp-settings.php'); ?> 5º Congresso Brasileiro de Missões | Evangeliza Brasil

Contatos

Acompanhe o trabalho da AMME pela evangelização, apoie essa grande obra.

Para contato por e-mail com o portal da evangelização escreva para: portal@evangelizabrasil.com

Para contato telefônico com a AMME Evangelizar e Salva Vidas prefira ligar para (11) 4428 3222.

Atenção: Novo endereço do escritório da AMME - Avenida Itamarati, 192 - Vila Curuçá, Santo André - SP, 09290-730

Facebook: Curta a página da AMME no Facebook [clique]

Ofertas

A AMME evangelizar é sustentada biblicamente, pelas ofertas daqueles a quem serve (Gl 6:6).

Doe agora (pagseguro), faça sua oferta , com segurança e facilidade. Clique no botão ‘Doar’ e siga as instruções.

 

Deposite sua oferta para AMME no Banco do Brasil Agência: 1557-1 Conta: 115278-5

Para ofertas mensais solicite boletos por telefone: (11) 4428 3222, e-mail: portal@evangelizabrasil.com

Para ofertas em material, equipamento e serviço consulte as especificações pelo telefone (11) 4428 3222

5º Congresso Brasileiro de Missões

Neste ano, teremos a 5ª edição do Congresso Brasileiro de Missões. Acontecerá entre os dias 13 a 17 de outubro de 2008 em Águas de Lindóia SP. O congresso é organizado pela Associação de Missões Transculturais Brasileiras (AMTB) e pela Associação dos Professores de Missões do Brasil (APMB) e com participação do COMIBAM – Cooperação Missionária Ibero-americana e da Comissão de Missões da Aliança Evangélica Mundial. Esta entrevista foi concedida pelo pastor Silas Tostes, coordenador do 5º CBM. 

1- Como está a preparação para o 5º CBM? 

Silas Tostes – Poderia dizer que excelente, pois trabalhamos com muita antecedência. O processo que culmina num CBM é bem participativo. Temos 27 líderes de missões. Ouvimos a opinião de todos ao longo do processo. Depois de decidirmos a data e o local do CBM, a comissão de programa elabora uma pré-proposta. Essa é modificada inúmeras vezes, até que todo o grupo receba eletronicamente para fazer suas observações. Então, marcamos um dia para a comissão de programa e os demais convidados se reunirem para aprovar todo o programa. O resultado tem sido a realização de um congresso missionário com muita unidade. No geral, o pessoal sente ser parte do processo, e num certo sentido, donos do mesmo. Eliminamos a idéia de um grupo privilegiado, tanto nas decisões, como no ter despesas pagas. Certamente que, com um grupo grande assim, não podemos pagar despesas. Então, a porta está aberta para todos. Líderes de missões podem participar, mas todos pagam suas despesas durante o processo de organização e no 5o CBM. 

Lançamos o 5o CBM em outubro de 2007. Estamos divulgando-o muito. O site do congresso recebe pelo menos 120 novas visitas ao dia. Há semanas que a média aumenta para 300 pessoas diariamente. Temos vários movimentos de oração e organizações divulgando o congresso. Deveremos ter muitos líderes e futuros missionários presentes. 

2- Quais são os objetivos desse congresso? 

S.T. – Desejamos contribuir para uma maior conscientização missionária. Cremos que é possível a Igreja Brasileira engajar-se mais em missões. Essa Igreja tem seus pontos fortes (sabemos dos pontos fracos também). Normalmente a Igreja Brasileira é bem criativa nas suas metodologias organizacionais, litúrgicas e evangelísticas.  Costuma contextualizar-se bem, atingindo diferentes faixas da sociedade. Imagine se pudéssemos transferir isso tudo para as áreas mais necessitadas do mundo. Imagine se, ao fazê-lo, o fizéssemos de tal forma que os missionários fossem bem selecionados e treinados (teologicamente com experiência prática). Imagine se levássemos a Igreja Brasileira a ser mais atuante socialmente no contexto brasileiro e missionário transcultural. Estaríamos, então, levando essa Igreja a ser relevante em seus dias. O 5o CBM tem a pretensão de contribuir para essas mudanças. O congresso mostrará também que nesse momento: Missões Brasileiras já respondem ao clamor do mundo.  

3- Como avalia o envolvimento do evangélico com a obra missionária? E como o evento pode fortalecer esse envolvimento? 

S.T. – Nosso envolvimento missionário está aquém do crescimento numérico da Igreja Brasileira. A última estatística mostrou que temos por volta de 3700 missionários. Isso é pouco se formos 30 milhões de evangélicos. Não se trata somente de melhorar a estatística numérica. Não deveríamos levar ao campo nossas divisões e competições. Unidade da Igreja é parte essencial da expressão do verdadeiro Cristianismo. O ideal é melhorar a estatística numérica, com a melhora da qualidade daquilo que se mostra como cristão. O serviço em amor precisa tomar a primazia. A impressão que temos deixado para a sociedade é que estamos atrás do dinheiro das pessoas. 

4- O que se tem feito para levar um maior número de participantes?  

S.T. – Como mencionado acima, estamos divulgando e orando muito. Está tarefa de divulgação tem sido o esforço de muitas organizações juntas. 

5- No 4º CBM foram tratados alguns desafios. O que evoluiu de três anos para cá no cenário de missões? Faça um breve apanhado dessas conquistas. 

S.T. – Olha, nesse momento, uma nova pesquisa está sendo feita. As estatísticas atuais não refletem um possível impacto do 4o CBM na realidade da Igreja Brasileira. Esperamos ter os novos resultados antes do 5o CBM. 

6- Quem serão os preletores principais já confirmados? 

S.T. – Todos os preletores como aparecem no site www.5cbm.com estão confirmados: Bertil Ekstron, Barbara Burns, Durvalina Bezerra, Alex Araújo, Antonia Van Mer, Carlos Queiroz, Paul Freston, Reuben Ezemadu, Ronaldo Lidório, Olinto Oliveira, Rinaldo de Mattos, Ester Lucena, Afonso Cherene, Gideon Tanbunaan. E muitos outros para mini-cursos, reuniões temáticas e mesas-redonda. São 80 no total.  

7- Como obter informações para participar do CBM? E a quem se destina? 

S.T. – O congresso destina-se a líderes, pastores, apoiadores de missões, missionários, futuros missionários e todo aquele que deseja aprender sobre o assunto. A forma mais completa de informação é o site www.5cbm.com  

8- Deixe uma palavra desafiadora para nosso leitor. 

S.T. – Há uma realidade ao nosso redor que precisa mudar. Entendemos que Deus pode usar o 5o CBM como um dos instrumentos para mudança de mentalidade. Nossos atuais pontos fracos são os seguintes: 

  1. O crescimento numérico da Igreja no Brasil se dá em troca de promessas de vitórias. As idéias de sacrifício e entrega a Deus são pouco ensinadas. Sem entrega não tem missões;

  2. O Brasil como celeiro de missões devido ao seu potencial é bom. Mas, como celeiro presumindo superioridade em terminar a tarefa é ruim. Isso é orgulho. Deus resiste ao soberbo e dá graça ao humilde. Coréia (12 mil missionários) e Nigéria tem mais missionários que nós. Sei que não é competição. Mas existe muita presunção entre nós. Deus parece estar usando muito mais outras nações;

  3. Ficamos especializados em missões. Nem sempre entendem o que falamos. Precisamos de pessoas que mobilizem, produzindo paixão no coração. Pessoas que se destaquem nesse trabalho como George Verwer. Sem mobilização não tem mais obreiros para os campos. Precisamos de  pregadores apaixonados pelos campos;

  4. Ensinar Missões poderia ser de forma mais produtiva à luz dos feitos do Senhor na história, mostrando, por exemplo: como Ticunas e Terenas (grupos indígenas) e outros vieram a Jesus. Acho que criamos muitas dicotomias, como: missões nacionais versus estrangeiras; missões urbanas versus transculturais; missões versus templo; ir versus ficar; missões entre os pobres versus negócios; agências versus igrejas enviadoras; denominacional versus interdenominacional; curto versus longo prazo… De alguma forma, precisamos falar de missões de forma mais positiva, mais simples. Muitas vertentes conflitantes confundem o povo. Precisamos falar das vertentes existentes, mais somando do que subtraindo.

 Se você deseja mudar esse quadro, participe do 5o Congresso Brasileiro de Missões: www.5cbm.com

11 comments to 5º Congresso Brasileiro de Missões

  • Toda entrevista com o Silas é muito aproveitável, mas este último parágrafo é um vento suave nas velas missionárias que navegam por aqui. De fato, estamos complicando muito a obra missionária. Quando se trata de ir para outro país trabalhar, ganhar dinheiro, o brasileiro se acultura facilmente, em pouco tempo resolve sua adaptação e se integra, ganha seu dinheiro e, não raro, é bem sucedido. Quando se trata de missões as coisas complicam. É de se esperar que sejamos responsáveis e cuidadosos na proposta de ganhar almas em outra língua e cultura, mas há muito diferença entre temor e medo, respeito e covardia, prudência e fuga.

    AMME Evangelizar apoia a realização do V CBM e estaremos presentes com alguns de nossos missionários. Até lá!

  • É louvavel a iniciativa de realizar o congresso de missões, estaremos participando junto com alguns missionarios daqui do Amapá.
    Gostei muito do comentario sobre a dicotomia missionaria.
    Precisamos fazer chegar estas propostas aos lideres das igrejas que na maioria das vezes bloqueiam ou desestimulam o crescimento da obra missionaria.

    Job Filho

  • Fátima

    Concordo com as afirmativas do Silas. É bem verdade que a quantidade de missionários em comparação com as pessoas que se convertem a Cristo é bem distante. Os líderes precisam pensar mais, falar mais e desejar mais missões, que é a evangelização em massa. Para isso nós fomos chamados. Digo não só pastores e líderes, mas todo o povo de Deus.

  • Jose Roberto Pinto

    Como Presidente do Conselho Missionário em minha igreja, tenho me preocupado muito em trazer a obra missionária para dentro da igreja; acredito ser de fundamental importância para o crescimento da igreja o trabalho de evangelização, ganhar almas, e não somente outros ministérios da igreja.Temos reuniões semanais de oração, para ser mais preciso todas as terças-feiras nos reunimos com Cons. Mission. para orar pelas nações e pela expansão da obra missionária em todo a terra. Somos parceiros de vários missionários espalhados por toda terra, como: Paraguai, China, Espanha, Portugal, Peru, Brasil, Estados Unidos, e sonhamos em ser mais participativos. Pretendemos estar neste Congresso, se assim Deus permitir, Deus vos abençoe pela iniciativa.

  • RaquelGomes da silva

    Gostaria muito de participar deste congresso. Desejo receber informações sobre quanto é a inscrição, se o local fica próximo ao aeroporto; saber tudo sobre o evento.
    *Resposta por e-mail

  • Cássia Silvaa Santos Góes

    Concordo plenamente com a afirmação de distanciamento do trabalho missionário nas igrejas no Brasil. Temos nos preocupado com campanhas de prosperidade e esquecido o ” IDE POR TODO MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA”… Profetizo a minha participação neste congresso e de muitas vidas que tenham o coração voltado para missões, crendo no despertamenro da Igreja nestes dias tão abreviados. Que a graça e a paz do Senhor estejam sobre as nossas vidas hoje e sempre.

  • Carlos Fernando F Serrano

    Concordo plenamente com o pastor Silas, que gostaria muito de conhecê-lo, desejo ir a este congresso sim, e oro por isso todo dia, e também pelo congresso e todos que estão engajados nesse trabalho maravilhoso e tão importante para a igreja do Brasil. Rogo à Deus que os pastores sejam tocados e se façam presente a este congresso. Deixo um abraço e um bjo no coração de todos os que estão à frente. Que Deus continue aumentando cada vez mais essa paixão pelos não alcançados de todo mundo.

  • Ola! Irmãos a Paz do Senhor.
    Venho atraves deste informar que somos uma dupla que adoramos o Senhor atraves do Louvor, somos membras da Igreja Assembleia de Deus em Guaçui Espirito Santo, a vinte e cinco anos e logo que aceitamos a Cristo recebemos de Deus a promessa de gravarmos um disco como as promessas do Senhor sempre cumpre veio a se cumprir em nossas vidas no ano passado com o 1º CD com o titulo SE FIEL e agora com o 2ºCD de titulo: PRA MUDAR A SUA HISTORIA, não temos dinheiro nem empresario para nos divulgar mas temos a maior familia do mundo e contamos com cada irmão que é escolhido por Deus para nos ajudar a levar sua Santa Palavra e queremos nos colocar a disposição dos Irmão que se sentirem convocados por Deus para nos ajudar nesta obra pode entrar em contato atraves dos telefones: 28-3553 3466 – 28 -3553 3665 e (28) 9915 5947 (28) 9298 7437, e estaremos prontas a cumprir o ide de Jesus.

    A RAZÃO DO LOUVOR È CRISTO.

    Que a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo esteje convosco.

  • valdemar castro dos santos

    a paz de Jesus Cristo à todos. meu nome e valdemar castro secretario de arae de missoes evagelistucas na igreja Assem. de Deus em sao luis. campo tirrical area xv,fui abordado pelo desejo missionario fiz alguns eventos evangelisticos.
    fizemo um trabalho a noite com os menino de rua onde conheci uma pessao com os seus tres filhos cheirado cola e sorvente, o que me causou espanto foi que ela vei buscar os filho nao quiseram voltar e ela ficou, no longo da coversa uma tristeza, pois eles estão afastado do caminho do Senhor.Logo lançamos o projeto “um grito na noite e um silencio,” ore por essas pessoas. se vc sentiu de Deus contribui, nós recebemos biblias para doação. end. de envio e av. tales neto 116 joao de Deus s.luis Ma cep 65000-000 se quisere conhecer o nosso trab. envie seu email para o nosso valdemars1970@hotmail.com q eviaremos as fotos

  • REV.EDNALDO FERREIRA

    EU AMO MISSÕES,NO AMAZONAS ESTAMOS COM O PROJETO PASTOR SOCÓ, GOSTARIA DE RECEBER CONVITES PARA CONGRESSOS DE MISSÕES.

  • Maria do Rosário alves

    Gostaria de participar deste congresso , pois desde que estudei no Seminário Teologíco Betel ouvia falar muito . também como é a forma de pagamento, e,os outros requezitos . Aguardo resposta. Missionária Maria do Rosário

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>